ÚLTIMAS-->Parte do teto de escola municipal desaba em Arapiraca. Um aluno ficou ferido. VEJA AS FOTOS.


Na manhã desta segunda-feira (12), os alunos da Escola Municipal Tibúrcio Valeriano da Silva passaram por um grande susto, no momento em que parte do teto da escola veio abaixo. Na hora do acidente, cerca de 450 alunos estavam na escola. Um aluno de 10 anos ficou ferido após ser atingido por uma das colunas que ruíram.
“Eu estava com meus colegas no corredor, quando o teto começou a desabar. Alguns correram para dentro das salas e eu fiquei sem saber o que fazer. Foi quando uma coluna caiu sobre mim e depois vieram a estrutura de madeira e as telhas”, disse Vinícius Rocha Câmara, de 10 anos de idade e aluno do 7º ano. O estudante foi socorrido para a Unidade de Emergência do Agreste com várias escoriações e um corte profundo na região da testa, que lhe rendeu 10 pontos e muita dor.
De acordo com a diretora Nadja Barbosa, a Escola de Ensino Fundamental Tibúrcio Valeriano foi construída há 42 anos e, de algum tempo para cá, vem enfrentando sérios problemas estruturais. Ainda segundo ela, a Prefeitura teria sido avisada várias vezes sobre os problemas, porém, apenas um pequeno reparo foi feito há cerca de um ano.
“Eu estava preocupada por conta dos cupins que estão por toda a parte na escola. Em alguns pontos é visível perceber que o teto está cedendo, basta ver as ondulações no telhado. No ano passado, pedi para que fosse feita a substituição das madeiras e telhas, mas só fizeram um reparo básico como pintura e correção de trincas”, lamentou a diretora.
A equipe de reportagem do Minuto Arapiraca esteve no local e constatou que os pilares de sustentação do telhado do corredor externo não possuem estrutura de ferro, apenas tijolos sobre tijolos. Diante do engenheiro Sergio Torres, que presta serviço à Prefeitura de Arapiraca, questionamos sobre esse tipo de estrutura. “A escola é muito antiga. Em nossas vistorias jamais iríamos imaginar que uma coluna como essa viesse abaixo. Vamos iniciar hoje mesmo os reparos nas colunas que apresentam comprometimento”, disse o engenheiro.
A secretária de Educação de Arapiraca, Ana Valéria Peixoto, também esteve na escola e classificou o acidente como uma fatalidade. “As vistorias existem e temos engenheiros que cuidam das escolas. Realmente foi uma fatalidade”, finalizou a secretária.
POR: MINUTO ARAPIRACA / FOTOS* MINUTO ARAPIRACA 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com