Aulas de circo ajudam desenvolver crianças com autismo

O ambiente criativo e mágico do circo está sendo palco de um projeto pioneiro que coloca, mais uma vez, Arapiraca como referência nacional no trabalho de inserção social de crianças autistas.
A Escola Municipal de Circo, localizada na parte sul do Bosque das Arapiraca, no prolongamento do Parque Ceci Cunha, sob a coordenação de Nelsinho e Evana Silveira, também é utilizada para estimular socialmente e sensorialmente crianças com autismo.
A administração da prefeita Célia Rocha (PTB), por meio de parceria entre as secretarias de Saúde e Educação, está dando total atenção a meninos e meninas que frequentam o Espaço Trate de Arapiraca, o único estabelecimento público do gênero no Brasil e ligado ao Sistema Único de Saúde (SUS).
O novo projeto está ofertando agora aulas com professores e artistas circenses para as crianças com autismo e que necessitam de atendimento especializado.
Inaugurado em dezembro de 2011, ainda na gestão do ex-prefeito Luciano Barbosa, o Espaço Trate, localizado na Rua Abraão de Oliveira, no bairro Cavaco, conta com profissionais especializados, incluindo psicólogas, fisioterapeutas, fonoaudiólogas e assistentes sociais para o trabalho de reabilitação e reintegração das crianças com autismo junto com suas famílias na sociedade.
As crianças autistas frequentam aulas duas vezes por semana, às terças e quintas-feiras, nos períodos da manhã e tarde.

Por: Ascom Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2018