Cresce socorro prestado pelo 193 do Corpo de Bombeiros



Foto: Ascom Bombeiros
O serviço de emergência do Corpo de Bombeiros Militar atende por meio do número 193 em todo o país. Em Alagoas, as ligações são direcionadas para o Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciods) em Maceió e para o Quartel do Corpo de Bombeiros, em Arapiraca. Os bombeiros recebem as ocorrências e encaminham para as guarnições responsáveis e, em alguns casos, elas são solucionadas com instruções por telefone.

As ligações para o número 193 do Corpo de Bombeiros são gratuitas e devem ser feitas em casos emergenciais. Por meio desse número, a corporação leva socorro à população em casos de incêndios, acidentes de trânsitos, acidentes casuais, tentativas de suicídio e outros.

Casos como incidentes de vazamento de gás de cozinha, uso de extintores de incêndio, engasgamento e princípio de incêndio podem ser resolvidos com instruções via telefone pelo Corpo de Bombeiros. A maior parte das ocorrências envolve acidentes com motociclistas, seguido por queda da própria altura.

Desde que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) começou a operar em Alagoas, as ocorrências foram divididas com foco na gravidade da ocorrência e em casos em que a assistência médica é necessária. Casos clínicos, parturientes, vítimas de armas de fogo e armas brancas só são atendidos pelos bombeiros quando o Samu está impossibilitado.

Curiosidade

“Já ouvi de tudo. Há alguns anos era comum ligar durante a madrugada para falar dos problemas, buscando conselhos, uma palavra amiga. Outros falavam que queriam morrer e depois de uma conversa paravam de chorar e diziam que iria seguir meus conselhos”, relata o sargento Miguel de Oliveira, bombeiro há 27 anos, sendo pelo menos 15 deles no atendimento pelo 193.
O soldado Lívia Maria, há oito anos como operadora de rádio no Corpo de Bombeiros, relata duas ocorrências curiosas em cemitérios. “Por duas vezes peguei pedidos de socorro de pessoas que ficaram presas dentro de cemitérios. Elas não perceberam as horas se passando e quando quiseram ir embora, os portões já estavam fechados”, conta. Em ambos os casos, a guarnição dos bombeiros utilizou escadas para resgatar as pessoas.

Trotes

Algumas ligações prejudicam os trabalhos do 193. Os bombeiros relatam que uma mesma pessoa telefonou mais de 500 vezes para o número de emergência para falar o mesmo palavrão. Nesse caso, o número foi rastreado, uma guarnição foi até a residência do indivíduo, no interior do Estado e o identificou.

Em outra frente, por muitos anos os bombeiros foram solicitados para capturar animais silvestres, como cobras, bicho preguiça, jacaré e coruja. Atualmente, a prioridade no serviço é do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA). O Corpo de Bombeiros age na impossibilidade do BPA. O telefone para solicitar atendimento nesses casos é (82) 3315-4325.

Por: Agência Alagoas

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017