Governador se reúne com 23 dirigentes de órgãos e defende redução de despesas

Foto: Márcio Ferreira
O governador Renan Filho conduziu, nesta segunda-feira (26), uma reunião com dirigentes de 23 órgãos do Estado. A proposta é a de aproximar o chefe do Executivo da gestão de instituições importantes, como Departamento de Trânsito de Alagoas (Detran/AL), Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), e direcionar a administração desses órgãos aos pilares da redução de despesas e da eficiência. 

“O nosso governo será pautado pela proximidade. Queremos estar próximos da população, cientes do que é feito nas secretarias e também nos órgãos. O encontro com os secretários será mais constante, mas quero manter também o diálogo com vocês [gestores dos entes]”, declarou Renan Filho.

A pauta desse primeiro encontro foi a redução de despesas e o trabalho com eficiência. O corte nos gastos passa pela diminuição de 30% dos comissionados, e de custos com veículos, combustíveis, telefonia. Somente em relação a veículos e combustíveis, a previsão é que a economia chegue a mais de R$ 5 milhões/ano. No tocante aos cargos comissionados, a redução deve ser de R$ 16 milhões/ano.

“Temos que reduzir as despesas e fazer mais. O momento deve ser de entregar mais ao povo de Alagoas”, disse o governador. Para Renan Filho a comparação de resultados não deve ser em relação à gestão passada. “O nosso desafio é melhorar em relação ao Brasil. Nossos índices precisam avançar sob parâmetros nacionais”, foi enfático.  

Os diretores dos órgãos puderam trazer um breve relato desses primeiros dias de gestão. Foram receptivos no que consiste à redução de despesas. Boa parte disse já ter implementado os cortes, seja no número de comissionados ou no uso de veículos, gastos com telefonia. O diretor presidente do Departamento de Estradas de Rodagem de Alagoas (DER/AL) Helder Gazzaneo afirmou estar imbuído nesta missão: reduzir custos, agindo com mais eficiência.

A missão requer medidas imediatas. Para esta sexta-feira (30), os gestores dos órgãos já devem apresentar, preenchida, uma planilha de redução, com a previsão do que será cortado na instituição. As principais ações dos órgãos também devem ser incluídas no plano de ação de 100 dias de cada secretaria. Com isso, o governador poderá acompanhá-las diretamente.

Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2018