Na abertura do Alagoano, Ipanema e ASA empatam por 1 a 1 em Santana

Ipanema x ASA, em Santana (Foto: Jânio Barbosa, arquivo pessoal)
Foto: Jânio Barbosa, arquivo pessoal
A nova edição do Campeonato Alagoano começou nesta quarta-feira à tarde, no alto Sertão. De um lado, o ASA entrou em campo com uma equipe cautelosa, até para conhecer o adversário. Do outro, o Ipanema apostava na experiência do quarentão Aloísio Chulapa. Ninguém se sobressaiu, e o confronto em Santana terminou empatado por 1 a 1. O Alvinegro abriu o placar no início da segunda etapa, com Alex Henrique, mas o Canarinho reagiu e deixou tudo igual com Edson Di. 
Lateral-direito do ASA, Gabriel reclamou do gol marcado pelo Ipanema. Segundo ele, o atacante parecia estar impedido quando concluiu a jogada.
- Ficamos em dúvida em relação ao gol deles, acho que estava em impedimento. Foi um lance duvidoso ali, enfim. Agora temos que descansar para recuperar os pontos perdidos - comentou o jogador.
O lateral Kal, do Ipanema, não reclamou do resultado em Santana. O atleta também elogiou o adversário e destacou o equilíbrio do estadual.
- O ASA veio fechadinho lá atrás. Por infelicidade, sofremos o gol, mas tivemos forças para empatar. O Campeonato Alagoano é muito difícil e enfrentamos um adversário qualificado. Vamos correr para pontuar nas próximas rodadas.  
Domingo, o ASA disputa o clássico contra o CSE, às 16h, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. O Ipanema vai encarar o CEO no mesmo dia, mas ainda sem local definido. O Estádio Edson Mathias, em Olho d´Água das Flores, não foi liberado e a federação ainda vai informar onde vai ser disputada a partida, também marcada para as 16h
Primeiro tempo

O técnico Vica demonstrou preocupação com os gols sofridos pelo ASA nos amistosos e apostou numa formação mais conservadora em Santana, com três defensores. O time alvinegro centralizou muito as jogadas no início da partida, apresentando também dificuldades para se adaptar ao gramado. 

O Ipanema, por sua vez, explorava as laterais, principalmente pelo lado direito, com Luciano Pinga. O experiente Aloísio Chulapa buscava a melhor colocação na área alvinegra e dava trabalho ao zagueiro André Nunes. Para complicar o trabalho do Canarinho, Pinga sentiu lesão e foi substituído aos 15 minutos por Thiago Silva. O time do Sertão manteve o domínio territorial da partida até os 35, mas pouco finalizou. O Alvinegro melhorou na reta final e criou uma boa oportunidade, com o atacante Everton. Os gols ficaram para o segundo tempo.

Segundo tempo
A conversa de Vica no vestiário surtiu efeito na etapa final. O ASA aumentou o ritmo, passou a trocar passes e abriu o placar logo aos quatro minutos. Everton fez ótima jogada e serviu a Alex Henrique, que, sem marcação, tirou do goleiro Grizon. Este foi o primeiro gol do Campeonato Alagoano 2015. 
Para tentar mudar o cenário, o técnico Alyson Dantas sacou o meia Neilson e apostou em Braw. O objetivo era aumentar a velocidade do Ipanema. Deu certo. O Canarinho avançou as peças e empatou aos 15 minutos. Victor ergueu na área, a zaga alvinegra ficou pedindo impedimento e Edson Di não perdoou: 1 a 1. Na jogada, Chulapa chamou a atenção da defesa e abriu espaço para o outro atacante do Ipanema penetrar livre.
O camisa 14, aliás, pediu jogo, correu e orientou a equipe em campo. Aos 40 anos, o atacante demonstrou vontade e bom condicionamento físico, mesmo enfrentando um calor de 39º no Estádio Arnon de Mello. Saiu para a entrada de Marcos Bala, perto do fim da partida, com a certeza do dever cumprido.  
Por: Globo Esporte 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017