Artesanato alagoano será comercializado na França

Foto: Michel Rios
Mais uma vez, o artesanato alagoano mostra sua força no cenário internacional. Depois da encomenda de cem bolsas de fibra de taboa e das cem alças de couro genuinamente alagoanas, o empresário francês Julien Grandiére volta a solicitar outras peças do Estado. Dessa vez, serão enviadas à França, no dia 25 de março, cerca de 300 pares de sandálias de couro, que devem integrar a nova coleção da empresa Muuñ Paris.

Fruto de um trabalho de divulgação e articulação promovido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), por meio da Diretoria de Design e Artesanato, o empresário francês visitou alguns municípios do Sertão e cidades como Coruripe, São Miguel dos Milagres e Feliz Deserto, onde conversou com profissionais e observou a capacidade de produção de cada associação. De imediato, o empresário encontrou nesses lugares as características necessárias para os seus produtos.

“Essa valorização é o que precisamos para levar nosso artesanato, que é belíssimo, para os quatro cantos do mundo, e junto com ele o nome de artesãos e trabalhadores locais. Queremos tornar nossa produção conhecida, na medida em que desperta a curiosidade e o reconhecimento de outros países, além de gerar novos espaços de negócios aos profissionais”, destaca a secretária de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Jeanine Pires.

Realizado por artesãs do município de Batalha, o trabalho de produção das sandálias é assistido pela cadeia produtiva da ovinocaprinocultura de Alagoas. Segundo o gestor do APL Ovinocaprinocultura no Sertão, Reginaldo Guedes, as parcerias com empresas internacionais promovem novos espaços e autonomia de mercado para os artesãos.

O gestor ainda explica que, para serem selecionadas, as peças precisam estar inseridas dentro do alto padrão exigido pela empresa, incluindo o acabamento e a qualidade do material como principais critérios. A exigência, por sua vez, estimula a qualidade na produção.

Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017