Pacto do Ensino Médio forma mais de três mil professores em Alagoas

Foto: Arquivo SEE
Foi concluída nesta quinta-feira (26), no auditório da Reitoria da Universidade Federal de Alagoas, (Ufal), mais uma etapa do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio em Alagoas. Um compromisso assumido pelo Governo Federal junto às secretarias estaduais de Educação e universidades federais, o Pacto visa promover melhorias no ensino-aprendizagem por meio da capacitação de professores do Ensino Médio e, em Alagoas, é coordenado pela Ufal em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (SEE).

Ao todo, a formação atinge 3.338 pessoas, sendo 15 formadores regionais, 203 orientadores de estudo e 3.120 professores cursistas de 196 escolas de Ensino Médio da rede estadual.

Com transmissão on-line pela universidade, o seminário reuniu professores cursistas, orientadores de estudos e supervisores estaduais à coordenação geral do Pacto, para socialização dos trabalhos e celebração da conclusão das duas primeiras etapas. 

Resultados 

A primeira etapa do Pacto consistiu no estudo da gestão pedagógica e caracterização do Ensino Médio e do aluno, enquanto, a segunda, abrangeu a organização do trabalho pedagógico (OTP) e estudo das áreas do conhecimento. Para o diretor de Educação Básica e um dos supervisores do Pacto pela SEE, Ricardo Lisboa, a formação alcançou resultados positivos em questões relativas à efetivação do professor na hora atividade, o que garante melhores resultados no ensino-aprendizagem; a criação de uma rede de formação continuada no Ensino Médio, com acesso a materiais construídos em nível nacional com experiências dos estados.
O foco da secretaria, agora, será a mensuração dos resultados. "Por meio do Pacto, tivemos amplas discussões sobre legislação e práticas, experiências e caminhos para a melhoria da aprendizagem do aluno. Temos muito a comemorar, mas, neste momento, cabe à secretaria mensurar os resultados frente a esse pacto e, para isso, já estamos buscando, junto à Ufal, os meios necessários para essa avaliação”, explica.

De acordo com a coordenadora estadual do Pacto em Alagoas e professora da Ufal, Rosangela Pimenta, este momento representa mais um passo importante para o fortalecimento do Ensino Médio no estado. Ela estima que a terceira etapa seja iniciada ainda este ano, trabalhando os componentes curriculares e que uma segunda versão do programa aconteça em  2016.

“Alagoas vive um momento novo com relação ao Ensino Médio e a Ufal cumpre
seu papel de fazer com que a pesquisa chegue à sociedade. Assumimos totalmente este papel de instituição formadora tanto no Pacto pela Alfabetização na Idade Certa, como no Pacto para o Ensino Médio. Isso consolida ainda mais a nossa relação com a Secretaria de Educação”, declara.

Reconhecimento

Para o professor de Biologia da Escola Estadual Professor Edmilson Pontes, que participou do Pacto como cursista, as formações realizadas foram muito importantes para os profissionais. Ele afirma que o curso promoveu conhecimento científico, enriqueceu a didática e possibilitou conhecimentos inéditos.

“O Pacto proporcionou discussões jamais vistas nos meus 14 anos de ensino público e hoje nos sentimos mais participantes de todo o processo, o que fortalece ainda mais a gestão democrática. É uma nova visão de escola”, afirma.

Por: Ascom Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017