Possível bloqueio do WhatsApp no Brasil gera ‘boom’ de downloads e até pane em concorrentes

Juiz do Piauí determinou que WhatsApp deve ser bloqueado em todo o Brasil
Foto: Divulgação 
A decisão tomada pelo juiz Luiz de Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, no Piauí, de bloquear o WhatsApp em todo o Brasil provocou um verdadeiro boom de downloads de aplicativos concorrentes, em vários estados brasileiros. Apps como Viber e Telegram passaram a ser ainda mais procurados por aqueles que temeram ficar sem mensageiros, correntes se espalharam por redes sociais alertando sobre o possível fim do WhatsApp e até uma pane em uma das principais opções — o Telegram — aconteceram nas últimas 24 horas, depois da determinação judicial.

De acordo com o juiz, a decisão foi tomada com o objetivo de forçar o WhatsApp a colaborar com investigações realizadas pela polícia piauiense. Segundo Luiz, o fato de a empresa não ter escritório no Brasil faz com que a companhia não se veja com a obrigação de cumprir as leis brasileiras. Quem soube se aproveitar disso foram os concorrentes.
Na tarde desta quinta-feira, o Telegram publicou, em sua conta oficial no Twitter, que, nas últimas 20 horas, mais de 2 milhões de brasileiros baixaram o aplicativo, uma média de 100 novos usuários por segundo. Prontamente, dezenas de internautas comentaram que esse, provavelmente, é o motivo de o aplicativo ter apresentado instabilidade durante todo o dia. Pouco tempo depois de comemorar as novas adesões, a empresa usou a mesma rede social para informar que havia registrado problemas de conexões com usuários das Américas.

Quem apresentou resultado ainda melhores — sem ter problemas — com o possível bloqueio do WhatsApp foi o “Viber”, aplicativo que é o segundo mensageiro mais usado no país. De acordo com diretor geral da empresa no Brasil, Luiz Felipe Barros, a companhia estava preparada para receber o fluxo inesperado de downloads. Só nas últimas 24 horas, foram mais de 3 milhões de novos usuários.
— O Viber já tinha 23 milhões de usuários ativos no Brasil e é natural que, por ser o segundo maior aplicativo do segmento no país, seja o mais procurado nesses casos. Foram 3,5 milhões de downloads nas últimas 24 horas. É uma demonstração da força do mercado e mostra que não existe um líder tão forte assim. Se mesmo antes de acontecer o problema, as pessoas já migram para outro aplicativo, é porque o mercado ainda é muito aberto — comenta Luiz Felipe.
Viber convidou internautas para baixarem o aplicativo após possível bloqueio do WhatsApp e pane do Telegram
Viber convidou internautas para baixarem o aplicativo após possível bloqueio do WhatsApp e pane do Telegram Foto: Reprodução / Twitter
Com mais de 500 milhões de usuários ativos em todo o mundo, o Viber tenta aproveitar o possível bloqueio do WhatsApp para atrair ainda mais pessoas. No Twitter do aplicativo, por exemplo, o Viber convidou internautas a fazerem download, já que os concorrentes enfrentam problemas: “Whatsapp pode ser bloqueado e Telegram cheio de problemas de segurança. Baixe o Viber e continue trocando mensagens!”, diz a postagem.
O WhatsApp ainda não se posicionou oficialmente sobre a decisão do juiz Luiz de Moura Correia. O aplicativo continua funcionando normalmente, apesar da determinação judicial.


Por: EXTRA

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017