Arapiraca vai continuar garantindo atenção a pessoas com câncer

Em entrevista concedida na manhã desta sexta-feira (13) aos radialistas José Rocha e Oswaldo Barbosa, na emissora Nova FM de Arapiraca, o secretário municipal de Saúde, Ubiratan Pedrosa, reafirmou o compromisso da gestão da prefeita Célia Rocha (PTB) em continuar garantindo o atendimento e tratamento a pessoas com câncer.
Pedrosa disse que, mesmo diante das dificuldades financeiras, enfrentadas pelo município, que é a sede da 2ª Macrorregião de Saúde, que abrange Arapiraca e mais 49 outras cidades, será mantido o atendimento a pacientes que necessitam de quimioterapia e radioterapia.
Durante a entrevista, que teve efetiva participação dos ouvintes, o secretário Ubiratan Pedrosa mostrou equilíbrio e capacidade técnica para explicar aos radialistas e ouvintes a atual situação da saúde no município.
Bira explicou que, originariamente, pela última PPI, foi destinado para o Teto MAC de Arapiraca, o valor de pouco mais de R$ 133 mil reais para custear procedimentos de quimioterapia. “Posteriormente, quando da habilitação do serviço de radioterapia do Hospital Chama, foi agregado ao nosso teto o valor de R$ 152.144,89. O somatório destes dois valores (R$ 285.381,41) foi alocado, desde o início de 2013, para os dois serviços que executam os procedimentos de radio e quimioterapia em Arapiraca”, acrescentou o secretário.
Ainda durante a entrevista, o secretário disse que, na prática, os valores hoje disponíveis são absolutamente insuficientes para cobrir as necessidades dos pacientes em tratamento de câncer nos dois serviços habilitados em Arapiraca.
Ele adiantou que a rede tem hoje 711 pacientes em tratamento por quimio ou radioterapia, sendo 308 de Arapiraca e 403 de outros 49 municípios.
“Para Arapiraca atender este conjunto de pacientes, é impelido a arcar com valores adicionais que representam mais de 100% do teto disponível para quimio e radioterapia. Essa situação é insustentável e não pode mais ser arcada pelo município de Arapiraca, que, a exemplo dos demais municípios, vem enfrentando uma crise financeira sem precedentes, fruto da contínua queda de receitas, mas mesmo assim não estamos medindo esforços, apesar da descrença de algumas pessoas, que só sabem criticar e não fazem nada para ajudar o município”, salientou o secretário.
Bira esclareceu que já foram investidos R$ 2.214.498,10, cujas verbas foram arcadas com recursos do próprio município.
“A prefeita Célia Rocha e eu estamos mantendo reuniões periódicas com a secretária estadual de saúde e até com o governador Renan Filho, a fim de que possamos encontrar juntos uma alternativa para ampliar o teto e continuarmos oferecendo serviços de saúde para a população de Arapiraca, e depois para os pacientes das outras regiões”, completou o secretário.

Por: Ascom Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017