CSA e ASA ficam no empate por 0 x 0 no primeiro duelo da final da primeira fase

Ninguém saiu em vantagem no primeiro duelo da final da primeira fase do Campeonato Alagoano. No Estádio Rei Pelé, CSA e ASA ficaram no empate por 0 x 0 na noite desta quarta-feira (11) e deixam as emoções finais por uma vaga na Copa do Brasil para o jogo da volta.
O primeiro tempo começou com o equilíbrio prevalecendo, mas com o time marujo tendo ligeiramente mais posse de bola e presença ofensiva. O Azulão continuou tomando as providências e não demorava para chegar na área alvinegra. Com isso, o ASA ficou mais recuado esperando recuperar a bola para fazer o contra-ataque. O duelo seguiu morno, com forte marcação pelos dois lados e também com poucas finalizações, que quando aconteciam não eram com tanto perigo para os arqueiros.
Foto: César Pita/Rádio Pajuçara FM
A partir da segunda metade da etapa inicial o alvinegro se soltou mais e passou a tocar a bola principalmente no seu campo ofensivo, porém, encontrava pouco espaço para tentar o chute. A partida não engrenava, já que os dois times estavam muito fechados e quando investiam no ataque faltava mais criatividade e qualidade no último passe para tentar balançar a rede. Sem mais, a hora do intervalo chegou e ninguém conseguiu sair na frente.


Segundo tempo
O CSA voltou mais disposto a atacar e tentou surpreender logo nos lances iniciais, mas a defensiva alvinegra segurava bem. Mas pouco tempo depois o ASA equilibrou as ações, avançou um pouco mais o time e freou as tentativas de gol do time marujo. Assim como foi na maior parte do primeiro tempo, o jogo voltou a ficar morno, com a marcação prevalecendo e os chutes a gol acontecendo com pouca frequência e pouco perigo para os goleiros. Mas foi aos 21’ que o Azulão por pouco não abriu o placar. Após cruzamento de Márcio, Reinaldo Alagoano cabeceou forte e a bola foi na trave, por pouco não entrando na meta alvinegra.
O lance animou o CSA, que passou a chegar com mais perigo na frente, mas faltava caprichar um pouco mais na finalização. Já o ASA focou no contra-ataque, só que pecava na transição do meio campo para o ataque para tentar o gol. Daí em diante, mais uma vez, o jogo voltou a esfriar, já que os momentos de pressão eram momentâneos e os dois times pararam de assustar. Aos 38’ o Fantasma balançou a rede, após rebote em que Lucas Bahia completou de bico, mas a arbitragem anulou porque marcou falta antes da conclusão. O Azulão respondeu com Reinaldo Alagoano, que também em uma sobra de bola ficou na frente do gol, mas mandou para fora. Sem mais acontecimentos marcantes, o confronto acabou mesmo no zero.
Foto: Reprodução Facebook
Como fica
Com o placar de 0 x 0, o CSA terá que vencer o jogo da volta por qualquer placar que irá conquistar o primeiro turno e uma vaga na Copa do Brasil de 2016. A situação é a mesma para o ASA, que é o único invicto no Estadual até então e vai buscar a vitória ao lado de sua torcida. Se um novo empate acontecer, a decisão será nos pênaltis. Conforme regulamento, na final da primeira fase não há vantagem para ninguém de vencer o confronto após dois resultados iguais. O jogo da volta da final será no domingo (15), às 16h, no Estádio Municipal, em Arapiraca.
Ficha técnica
Campeonato Alagoano 2015 – Primeira Fase – Final - Jogo de Ida
Jogo: CSA 0 x 0 ASA
Gols: Não teve
Local: Estádio Rei Pelé, Maceió-AL
Data: 11/03 (quarta-feira)
Hora: 22h
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (CBF-AL)
Auxiliar 1: Adeilton Guimarães da Hora (CBF-AL)
Auxiliar 2: Wladson Michellângelo Oliveira (CBF-AL)
CSA:
1- Jeferson
2- Márcio
3- Breno
4- Willian Thuram
6- Paulinho
5- Pierre
7- Sorim
8- Elyeser (21-Marcos Antônio, aos 30’ do 2T)
10- Elvis (17-Rafael Granja, aos 39’ do 1T)
11- Afonso (18-Damião, 30’ do 2T)
9- Reinaldo Alagoano
Técnico: Nedo Xavier
Banco CSA: 12-Remerson, 13-Marco Tiago, 14-Samuel, 15-Sérgio, 16-Romário, 17-Rafael Granja, 18-Damião, 19-Fabiano, 20-Rony, 21-Marcos Antônio, 22-Zé Paulo.
ASA:
12- Marcão
2- Gabriel
3- Lucas Bahia
4- André Nunes
6- Fábio Alves
5- Cal
8- Max Carrasco
19- Didira (21-Uederson, aos 28’ do 2T)
10- Alex Henrique (9-Everton, aos 28’ do 2T)
11- Marlon
7- Valdanes (18-Caíque, aos 17’ do 2T)
Técnico: Vica
Banco ASA: 1-Éder, 13-Chiquinho, 14-Rayro, 15-Edson Veneno, 16-Kessi, 17-Jean, 18-Caíque, 20-Filipe André, 21-Uederson, 9-Everton.
Por: TNH1 // Paulo Victor Correia

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017