Para governador, operações de segurança contribuem com o fim da impunidade

Foto: Thiago Araújo, de BSB
Dez pessoas envolvidas em homicídios foram detidas em Maceió durante mais uma operação integrada das forças policias, na madrugada desta sexta-feira (13). Mais de cem homens da Força Nacional, Polícia Civil, Militar, Perícia Oficial, Corpo de Bombeiros e grupamento aéreo foram mobilizados para cumprir onze mandados expedidos pela Justiça.

Foram retirados de circulação sete homens, uma mulher e dois menores infratores nos bairros de Bebedouro, Cidade Universitária, Jacintinho, Tabuleiro do Martins Santos Dumond, Forene, Pajuçara e Farol, e levados para o Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no bairro de Mangabeiras.

As frequentes ações integradas das polícias vêm acontecendo desde o início do ano. Segundo informações da Secretaria de Defesa Social e Ressocialização (Sedres), quarenta e seis homicidas já foram apreendidos, entre os meses de janeiro e fevereiro.

O governador Renan Filho disse, em entrevista concedida ao radialista França Moura, da Rádio Correio, esta manhã, que está acompanhando de perto o trabalho das polícias. Destacou, ainda, o empenho dos agentes policiais e enfatizou que em Alagoas criminosos não mais terão vez. 

“Quem comete um ilícito agora é perseguido e preso. Desde às 5h, as três polícias estão nas ruas para cumprir este papel de prender homicidas. Isso não acontecia antes. No final destes três primeiros meses, faremos um grande balanço para mostrar que não há impunidade quando se trata de homicídio, roubo a mão armada, roubo de carro em Alagoas. Isso, sem dúvida, cria uma sensação de mais segurança; é possível acabar com a impunidade e mostrar ao bandido que o crime não compensa mais”, enfatizou Renan Filho.

De acordo com a Sedres, essas operações integradas entre as polícias deverão ser intensificadas, para garantir à população segurança e impedir que o sentimento de impunidade prevaleça entre os alagoanos.

Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017