Sem recursos, tratamentos para câncer poderão ser suspensos em Arapiraca

Os portadores de câncer que realizam tratamento em Arapiraca estão preocupados com a possibilidade dos serviços de quimioterapia e radioterapia serem suspensos pelo Município. Foi o que afirmou, na manhã desta segunda-feira (9), o secretário de Saúde, Ubiratan Pedrosa, durante reunião da Comissão Intergestores Regional (CIR), realizada no CRIA.
Segundo ele, apesar do Ministério da Saúde arcar com o repasse de determinado teto financeiro, toda a diferença extra vem sendo paga pelo Município. “Estamos com uma dívida média de R$ 1,2 milhão e certamente o governo federal não pagará o valor retroativo”, disse.
Pedrosa disse ainda que 57% dos pacientes que realizam tratamento em Arapiraca não são da cidade, mas de municípios da região. “Não poderemos ficar com a responsabilidade de pagar sozinhos esta dívida que cresce a cada dia”, alertou Pedrosa.
Tentando buscar soluções para o problema, está sendo agendada uma reunião que terá a participação do governador Renan Filho (PMDB), Secretaria Estadual de Saúde, Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems), Prefeitura de Arapiraca e outros municípios da região.
“Estamos nos mobilizando para buscarmos uma definição do Ministério da Saúde, pois não podemos ter uma desassistência aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).
Por: Minuto Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017