ASA bate CSA, mantém série invicta e assegura liderança do Grupo B

Foto: Reprodução tv gazeta-al
Alex Henrique está mostrando faro de gol neste Campeonato Alagoano. O meia, atuando como falso nove, brilhou mais uma vez e marcou o único gol da vitória contra o CSA, nesta quarta-feira, no Rei Pelé. O camisa 10 ajudou o Alvinegro a manter a invencibilidade no ano, que já vai em 18 jogos sem saber o gosto amargo da derrota.
Após a partida, Alex comentou a briga pela artilharia do Alagoano. Ele tem 10 gols e está a apenas um do artilheiro Daniel Cruz, do já eliminado Santa Rita. 
- Fiquei sabendo que ele [Daniel Cruz] não marcou e estou um gol atrás. Tenho duas partidas aí. O primeiro objetivo é fazer uma boa partida contra o CRB - disse o meia-atacante do ASA.
A vitória deixa o ASA na liderança do Grupo B, com 20 pontos. O Alvinegro enfrenta o CRB na semifinal do Campeonato Alagoano com a vantagem de decidir em casa na próxima quarta-feira (29). O CSA também garante a ponta do Grupo A, com 12 pontos, e encara o Coruripe na outra semifinal. O Azulão decide uma das vagas na final diante do seu torcedor, no Rei Pelé, no mesmo dia.
O jogo
Alex Henrique, meia do ASA (Foto: Leonardo Freire/GloboEsporte.com)
(Foto: Leonardo Freire/GloboEsporte.com)
Pode-se dizer, com segurança, que a partida desta quarta-feira, no Rei Pelé, teve dois tempos distintos. No primeiro, vantagem para os visitantes. O ASA iniciou a partida mais atento, fechado e consciente taticamente, sabendo explorar as saídas em contra-ataque. O Alvinegro, no entanto, só chegou com perigo aos 24 minutos, em chute de Alex Henrique que resultou em defesa de Remerson. O gol saiu aos 40, em jogada de contra-ataque capitaneada por Rayro. O lateral disparou em velocidade e tocou para Alex Henrique, que girou sobre a marcação de Fabiano e chutou sem chances de defesa para o goleiro azulino. Os dois times têm, ainda, a vantagem de jogar por um empate na soma dos dois resultados.
Na segunda parte, o CSA acertou a marcação e conseguiu, finalmente, chegar com perigo à meta de Marcão. O ASA se fechou para garantir a vitória e pouco atacou. Anderson Paraíba cobrou falta na trave logo no comecinho, aos 3, e a última grande oportunidade se deu aos 45, quando André Nunes tirou em cima da linha um cruzamento de Rafael Aidar, garantindo o empate.
Por: Globo Esporte

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017