No Rei Pelé, CRB tira invencibilidade do ASA e abre vantagem na semifinal

CRB x ASA (Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)
Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas
O primeiro confronto entre CRB e ASA poderia ter sido melhor. Boas chances foram criadas neste domingo, mas o ritmo do clássico foi mais lento do que o esperado. O Alvinegro perdeu o volante Cal, expulso por Francisco Carlos ainda no primeiro tempo, e parte da força. O Galo soube se aproveitar, venceu por 2 a 0 e abriu boa vantagem na semifinal do Campeonato Alagoano. Fernando, de pênalti, e Maxwell, num chutaço de fora da área, marcaram os gols no Estádio Rei Pelé. Quarta, às 22h, os times decidem a vaga na decisão.
Lateral do Galo, Paulo Sérgio foi comedido após o jogo. Para ele a vantagem de o time poder ser derrotado até por um gol de diferença em Arapiraca não é tão grande. 
- Conquistamos apenas uma vitória. Temos 90 minutos lá para decidir, temos que nos preparar forte e buscar a nossa classificação. Hoje, eles fecharam duas linhas de quatro e deram trabalho - comentou o lateral do CRB, principal responsável pela bola parada do time.
O goleiro Marcão, do ASA, não poupou a arbitragem. Ele considerou a expulsão de Cal no primeiro tempo um grave erro de Francisco Carlos.
 - Se o árbitro não atrapalhar lá como atrapalhou aqui dá para buscar a classificação - esbravejou o camisa 1.
Resumo
O jogo começou morno. O CRB tomou a iniciativa, mas não criava grandes oportunidades. Recuado, o ASA fazia muitas faltas e sofreu uma baixa que atrapalhou seus planos na partida. Depois de receber o cartão amarelo, Cal fez falta em Clebinho aos 22 minutos e o árbitro Francisco Carlos do Nascimento resolveu expulsá-lo. Com um homem a menos, o ASA desequilibrou o sistema de marcação e sofreu o gol sete minutos depois. Fábio Alves derrubou João Henrique na área e Chicão marcou pênalti. Fernando bateu no cantinho, Marcão foi nela, mas não pegou. Foi o sétimo gol do meia do CRB no campeonato.
Fernando, de pênalti, desloca Marcão e abre o placar para o CRB contra o ASA (Foto: Aílton Cruz / Gazeta de Alagoas)Fernando, de pênalti, abre o placar para o CRB contra o ASA (Foto: Aílton Cruz / Gazeta de Alagoas)
Depois, Gabriel recebeu livre e obrigou o goleiro do Galo a fazer uma bela defesa. O time regatiano respondeu com Fernando, que parou numa intervenção arrojada de Marcão. O segundo tempo começou com uma chance de ouro para o ASA. Didira ficou sozinho com Julio Cesar e errou o alvo. O CRB administrava o resultado, tocando a bola, mas Maxwell destoou. Para o bem. Aos 40, o garoto acertou um belo chute e confirmou a vitória por 2 a 0 no Rei Pelé.
Por: Globo Esporte 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017