Agentes da Polícia Civil entram em greve por tempo indeterminado

Foto: Cortesia
Agentes da Polícia Civil de Alagoas decidiram, durante uma assembleia geral realizada na tarde desta sexta-feira (22), entrar em greve por tempo indeterminado. 
De acordo com a Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Policiais Civis (Sindpol), a categoria cobra o fim da cota para a progressão de carreira, o pagamento de retroativos, e reajuste salarial. Os agentes alegam que o compromisso de implantar tais medidas para a categoria foi assumido na gestão passada e reafirmado após o governador Renan Filho (PMDB) tomar posse.
Aproximadamente 200 agentes participaram da assembleia, que acabou resultando numa passeata em direção ao Palácio República dos Palmares a fim de realizar um ato contra o governador Renan Filho (PMDB).
De acordo com a categoria, o principal ponto de reclamação diz respeito ao número de cotas para progressão do Plano de Cargos, Carreiras e Subsídios (PCCS). Eles lutam pelo piso salarial de 60% da remuneração dos delegados de polícia, o pagamento de risco de vida (periculosidade e insalubridade), entre outros itens da pauta de reivindicações. 
Em Arapiraca
A Central de Polícia Civil de Arapiraca, localizada no bairro Baixão, já foi fechada e só atenderá casos de flagrante.
Por: 7 Segundos

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2018