População apoia Operação Lei Seca em municípios do interior do estado

Foto: Divulgação
Os quatro dias de Operação Lei Seca no interior de Alagoas foram aprovados pela população de cada cidade onde ocorreu a blitz. As ações começaram na quinta-feira, dia 30, e só terminaram no domingo, 3 de maio. A operação esteve em Palmeira dos Índios, Arapiraca, Penedo e Campo Alegre.

A interiorização da Lei Seca foi uma determinação do governador Renan Filho, devido aos resultados positivos alcançados nas ações em Maceió e região litorânea do estado, principalmente em relação à preservação de vidas humanas.
As ações foram planejadas pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AL), Conselho Estadual de Trânsito (Cetran) e Conselho Estadual de Segurança (Conseg).
“Desta forma, estendemos um trabalho já consolidado em Maceió para o interior do Estado. A experiência foi exitosa e, certamente, vamos no estruturar ainda mais para as outras ações”, disse o coordenador da Lei Seca em Alagoas, Antônio Monteiro.
Monteiro disse também que o retorno dado pela população de cada cidade motivou ainda mais os integrantes da operação. “Foi prazeroso escutar da própria população de cada município o agradecimento ao nosso trabalho, uma vez que estávamos levando segurança àquela cidade. Ouvimos muitos comentários que, com a nossa presença, a cidade estava mais tranquila. Muita gente perguntou, inclusive, quando voltaríamos para outras ações”, disse Monteiro.

Números
Embora o objetivo da Lei Seca não seja contabilizar números, mas preservar vidas humanas, as estatísticas são necessárias até mesmo para se detectar onde há necessidade de investimentos ou de mudanças de ações.
Os levantamentos mostram que houve 274 autuações; 254 pessoas foram submetidas ao teste do bafômetro; 30 Carteiras Nacional de Habilitação (CNHs) foram recolhidas; 13 veículos (entre motocicletas e carros) foram retidos; 12 prisões em flagrante por embriaguez ao volante foram efetuadas e dois Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) foram confeccionados.

Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017