Secretaria de Estado da Saúde leva ações de saúde para Arapiraca nos dias 29 e 30

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) levará ações para o Agreste de Alagoas nos próximos dias 29 e 30, durante evento promovido pelo Governo do Estado. A meta é aproximar os serviços das secretarias e demais órgãos da população alagoana. Nessa primeira edição, que acontece em Arapiraca, simultaneamente na Praça da Prefeitura, Parque Ceci Cunha e Planetário, haverá atividades de promoção à saúde, voltadas para conscientização, orientação, combate à obesidade, ao sedentarismo e prevenção da dengue e Chikungunya.
A obesidade e o sobrepeso são problemas que preocupam os gestores de saúde, uma vez que pesquisa realizada pela Vigitel Brasil (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) em 2013 mostra que mais de 40% da população brasileira está acima do peso. E essa situação se reflete na saúde com o aumento dos riscos de doenças como pressão alta, diabete, Acidente Vascular Cerebral, infarto do miocárdio, entre outras.
Diante desse quadro a Sesau estará com ações de prevenção ao sedentarismo e a obesidade, para alertar a população sobre a importância e a necessidade da prática de atividade física e mudança dos hábitos alimentares, deixando os produtos gordurosos e ingerindo alimentos saudáveis à base de frutas, verduras e legumes. Ainda durante os dois dias, técnicos da Sesau irão realizar uma exposição com demonstração e orientação sobre prevenção e eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.
Apesar da redução de 50,60% nos casos graves da doença em Alagoas, segundo o Boletim Epidemiológico 17, a população precisa ficar atenta e em suas residências, visando evitar o surgimento dos criadouros onde as larvas do mosquito se desenvolvem. Por isso, segundo a secretária de Estado da Saúde, Rozangela Wyszomirska, haverá palestras e distribuição de material educativo, que irá orientar sobre os cuidados para prevenir a doença e sobre como agir quando houver alguma suspeita de caso da doença. 
Na ação também serão repassadas informações sobre a Chikungunya, que tem sintomas semelhantes ao da dengue, mas que até agora não houve registro em Alagoas. “Os usuários também terão acesso a testes de glicemia e antropometria, verificação de pressão arterial, pesagem e medição do IMC [Índice de Massa Corpórea], onde haverá orientação sobre a necessidade de consumir uma alimentação balanceada e rica em frutas e verduras. Com isso, descentralizaremos as ações de prevenção e promoção à saúde”, ressaltou a secretária de Estado da Saúde.
Por Ascom SESAU

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2018