Agentes penitenciários de AL entram em greve por tempo indeterminado

A partir desta segunda-feira (8), os agentes penitenciários de Alagoas entram em greve por tempo indeterminado. Com isso, todos os serviços são paralisados no Sistema Prisional e apenas 30% dos trabalhos serão mantidos. Eles querem melhores condições de trabalho e reajuste salarial.
A categoria decidiu pela greve durante uma assembleia realizada na última quinta-feira (4). De acordo com o diretor financeiro do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen), Vitor Leite, os serviços essenciais como, visitas, cadastro de familiares, escoltas de presos e atendimentos externos não serão feitos pelos agentes.
“Nós vamos manter 30% dos serviços, conforme diz a lei. Já protocolamos o indicativo de greve nas secretarias e no TJ [Tribunal de Justiça] e todos os órgãos estão avisados”, afirma Vitor Leite.
Segundo o diretor financeiro, houve uma reunião entre a categoria e o governo do Estado, mas sem nenhum entendimento. “O governo pediu para que adiássemos a mesa de negociações. Eles nem apresentaram uma contra proposta. A categoria quer ser valorizada, então estamos em greve por tempo indeterminado”, reforça.
“Nenhuma das nossas reivindicações fere a Lei de Responsabilidade Fiscal. Então o governo não pode dizer que não tem como fazer. Não podemos mais esperar. A qualquer momento por ocorrer uma tragédia no sistema prisional”, diz Vitor Leite, diretor financeiro do Sindapen.
Por: G1

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017