Dia do Meio Ambiente: Brisa do Lago realiza projeto sustentável

Encabeçando um notório projeto sustentável, os moradores do Conjunto Habitacional Brisa do Lago, bairro de Zélia Barbosa Rocha, realizaram durante esta sexta-feira (5) um mutirão para reordenar a entrada do local.

Pneus velhos agora viraram peças artesanais e canteiros coloridos, mudando o cenário para quem reside e transita pelo local, com adultos e crianças a ajudar na ornamentação. No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado justamente nesta sexta, houve ainda plantio de diversas mudas.
A concentração do projeto “Juntos por um Brisa Melhor” ocorreu na sede do plano de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Território (DIST), uma parceria entre Caixa Econômica Federal (CEF) e Prefeitura de Arapiraca para fomentar as políticas públicas para aquela comunidade e região vizinha.

“Este trabalho é de uma importância muito grande, porque faz com que os próprios moradores olhem para seu lar de forma diferente. Aqui há uma linda área verde, de preservação ambiental, dispondo do riacho Perucaba, e eles têm ciência de quanto isto significa”, comenta o secretário Municipal de Meio Ambiente, Ivens Barbosa, que acompanhou o dia de atividades.
A paisagista Maria de Fátima Santos, de 55 anos, foi uma das responsáveis pela mudança na entrada do conjunto habitacional. Com 22 anos de profissão, ao lado da filha estudante de Biologia, Edite Santos, ela “plantou canteiros de pneus” em vários pontos, dando um ar mais colorido ao Brisa. Dezenas de moradores participaram desta ação de sustentabilidade.
“Estamos ainda fazendo o plantio de novas mudas para, futuramente, as gerações saborearem uma temperatura mais amena, uma boa sombra e dar mais valor ao verde que temos”, conta, ressaltando que foram plantadas arapiracas, craibeiras, congeias, palmeiras, coqueiros, pés de caju, jabuticaba, cajá e genipapo, entre outros.
O trabalho com os pneus velhos foi feito um dia antes em uma Oficina de Pintura, realizada pelo Luarte Reciclar, de Lucineide Bispo. Ela orientou aos envolvidos como proceder no ato de pintar os objetos e salientou que este projeto no Brisa deve continuar, sempre no primeiro sábado de cada mês.
Na parede da sede do DIST, que se situa na Rua Cacilda Soares Nunes, o artista Nilton Leandro da Silva pintava em aerografia uma paisagem que representava uma Arapiraca e o trabalho feito pelos moradores do residencial.
Dando suporte, os trabalhadores da Limpel estavam limpando e fazendo caiação no meio-fio de todo o conjunto, além de equipes técnicas da Prefeitura fazendo reparos na iluminação, por meio da Secretaria Municipal de Limpeza e Iluminação Pública (Selip).

Pertencimento

Segundo Ronaldo Camboim – engenheiro agrônomo, fundador do Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano (IADH) e coordenador do DIST na localidade –, a ação foi apenas o primeiro passo dos moradores, no que se refere a projetos de sustentabilidade. “É algo que gera um sentimento de pertencimento e identidade em todos que aqui moram. Este conjunto habitacional tem cerca de quatro anos de existência e as pessoas já realizam ações em prol do bem da comunidade”, diz ele.
Arapiraca é uma dos 11 municípios de todo o Brasil que foram beneficiados com o amparo do DIST, que está investindo R$ 2 milhões em dois anos, através de capacitações diversas, desde aulas de costura à aplicação de uma gestão consciente nos negócios .
No Brisa do Lago, o projeto utiliza a metodologia “Diálogos de Gestão”, diretamente da Colômbia, capacitando os envolvidos e promovendo a geração de trabalho e renda e o bem-estar social.
A intenção agora, revela Camboim, é transformar o galpão doado pela Prefeitura de Arapiraca em um centro de negócios para os moradores poderem comercializar.

Por: Ascom Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017