Mortes violentas têm queda de 35,3%, em AL; e 53,9%, em Maceió

Foto: Robson Lima/Arquivo
A Segurança Pública entra para o sexto mês de 2015 comprovando tecnicamente a positividade nos resultados consequentes de um plano de Governo adotado e executado pelas ações policiais. Maio é o segundo mês com maior redução de crimes violentos na atual gestão e também nos últimos quatro anos, onde Alagoas apresenta 35,3% . A capital fica com a maior redução desde janeiro apresentando 53,9%.

Em maio deste ano, o estado, segundo o Núcleo de Estatística e Análise Criminal (Neac) da Defesa Social, registrou 130 crimes violentos contra 201 em 2014, ou seja, redução de 35,3%. Já a capital bate recorde desde janeiro de 2015 baixando de 76 mortes em 2014, para 35 este ano, ficando com um diferencial positivo de menos 53,9% de vidas ceifadas.

Quatro municípios alagoanos que já foram colocados em listas negativas passam a contabilizar nos gráficos como locais que superam as expectativas. No Agreste, Arapiraca vem com uma redução de 45,5% em comparação com 2014, caindo de 11 para seis crimes.

Em Rio Largo, a violência sofreu uma queda de 42,9% quando os números mostram que em 2015 quatro pessoas foram mortas, e em 2014, foram sete homicídios. São Miguel dos Campos teve uma redução pela metade, de quatro para dois crimes, perfazendo 50%.

“Entramos para o sexto mês do ano, ou seja, o primeiro semestre, acreditando que no próximo apresentaremos menos crimes violentos. Até porque a Segurança Pública está cada vez mais integrada e procurando atingir os seus objetivos. Essa é a maior redução obtida desde que o governador Renan Filho assumiu e que estamos à frente da Defesa Social. A sociedade tem acompanhado o empenho das nossas polícias e percebem a vontade que temos de mudar. Continuamos perseverantes”, afirmou o secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto.

Em abril passado, o estado apresentou uma redução de 37,1, enquanto a capital registrou redução de 20,0%. Isso comprova que em maio, Maceió quase triplicou a queda da criminalidade.

Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017