Alagoanos consumiram 3% mais energia elétrica entre 2014 e 2015

Apesar da crise energética que o país enfrenta, os alagoanos consumiram mais energia elétrica entre os meses de junho de 2014 e maio de 2015, segundo um levantamento divulgado nesta semana pela Empresa de Energia Elétrica (EPE). De acordo com a Eletrobras Distribuição Alagoas, o crescimento foi de 3%.

Essa comportamento vem na contramão do que foi registrado em todo o Brasil no mesmo período.Houve uma redução de 2,2% na média nacional.
Dados fornecidos à reportagem pela Eletrobras mostram que o campeão no uso de energia elétrica no estado foi o poder público – o que inclui prefeituras e o governo do Estado, com um crescimento de 6,30%.
O levantamento apresentado mostra também que, até maio de 2015, todo o estado já havia consumido mais de 3,3 milhões/MWh.
De acordo com a Eletrobras, o aumento em praticamente todas as classes de consumo foi menor que o registrado de junho de 2013 a maio de 2014.
A distribuidora explica que essa diferença é proveniente de uma maior ocorrência de chuvas e a adoção de medidas de uso eficiente de energia por parte da população, o que é considerado positivo para o setor elétrico.
Os dados mostram ainda que o único setor a apresentar queda foi o rural, que reduziu o consumo em 13%. Para a Eletrobras, a incidência de chuvas, que fez diminuir consideravelmente o uso de irrigação, e a crise do setor sucroenergético acabaram impactando essa diminuição no consumo.
Embora Alagoas tenha apresentado aumento nos últimos 12 meses, o consumo registrado apenas no mês de maio deste ano em residências (-0,72%), na indústria (-8,75%) e na iluminação pública (-4,56%) foi menor em relação ao mesmo mês do ano anterior.
Essas três categorias de consumo seguiram uma tendência registrada em todo o país, segundo a EPE, que também aponta um crescimento de apenas 0,5% no consumo do comércio no Brasil. Na região Nordeste, o consumo total subiu 0,3%.
Por: G1-AL

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2018