Conferência de Saúde discute melhorias no setor em Arapiraca

Centenas de profissionais e estudantes participaram nesta terça-feira (7) do primeiro dia de trabalhos na VII Conferência Municipal de Saúde, que acontece até esta quarta (8) no Levino’s Hall, bairro Novo Horizonte.

Com entrada gratuita após credenciamento, o espaço foi para a discussão de melhorias no setor em Arapiraca. Na oportunidade, foi aberta a 4ª Mostra de Experiências Exitosas em Saúde, com exposições de banners, havendo 50 trabalhos selecionados para este importante momento.

“Este ambiente democrático de ideias vai colocar em questão as políticas públicas para que a gente construa uma Saúde centrada no atendimento continuado de qualidade para os arapiraquenses”, diz o secretário Ubiratan Pedrosa, à frente da pasta municipal.
Além dele, na mesa de abertura do evento, estavam a subsecretária Municipal de Saúde (SMS), Rosimeire Rodrigues; a vereadora Aurélia Fernandes; o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Edilson Melo; a representante da Comissão Organizadora da Superintendência de Planejamento Estratégico de Gestão Participativa, Cléia Núbia; o presidente da Federação das Associações Comunitárias de Arapiraca (Facomar), Braz Antônio de Farias; e a usuária do SUS e representante do Conselho Municipal de Saúde, Maria Cícera dos Santos.

Na sequência, houve a apresentação de algumas experiências exitosas, participantes da mostra, como o “Grupo de Qualidade de Vida do Capim: uma Forma de Prevenção, Tratamento e Integração”; “Projeto de Saúde Mental Interdisciplinar Desenvolvido pelo Nasf 5 e PSF de Batingas”; “Aplicação da Vacina Meningocócica em Crianças na Região Ventroglútea: uma Nova Possibilidade em Vacinação Para o Brasil”; “Oficina de Análise do Processo de Trabalho e Elaboração do Plano de Intervenção na Atenção Básica”; e “Implantação de um Serviço de Referência à Gestante de Alto Risco e Pediatria”.
Oito eixos foram abordados no período da tarde: direito à saúde, garantia de acesso e atuação de qualidade; participação social; reformas populares e democráticas do estado; financiamento do SUS e relação público-privado; gestão do SUS e modelos de atenção à saúde; valorização do trabalho e da educação em saúde; informação, educação e política de comunicação do SUS; e ciência, tecnologia e inovação no SUS.
Já nesta quarta-feira (8), serão discutidos estes eixos em trabalhos em grupo, de onde sairão tópicos e delegados que representarão as necessidades de Arapiraca no âmbito estadual, em agosto, e nacional, no mês de dezembro, em Brasília.

Por: Ascom Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2018