Corpo de professor é encontrado com perfurações de faca e marteladas

Corpo do professor Francisco da Cruz Silva.
Foto: Josival Meneses/7Segundos
Na noite deste domingo(12) o corpo do professor e servidor público Francisco Cruz da Silva, de 57 anos, foi encontrado no sítio Barreiras, zona rural de Arapiraca. A vítima trabalhava na Secretária Municipal de Educação (Semed) de Arapiraca.O corpo foi encontrado com perfurações de faca e sinais de marteladas na região da cabeça. O carro da vítima, um Celta preto, foi incendiado.
De acordo com as primeiras informações, Francisco Cruz da  Silva, mais conhecido como "Chiquinho", teria sido assassinado em sua própria casa que fica no bairro Bonsucesso em Arapiraca. Uma faca que teria sido usada para assassinar o servidor público foi encontrada na residência.
O corpo foi desovado no sítio Barreiras e apresentava perfurações de arma branca e marteladas na região da cabeça. Ao lado do corpo da vítima foi encontrado um martelo. O carro do servidor público municipal, um Celta preto, foi encontrado carbonizado no bairro Nilo Coelho, popularmente chamado de Barriguda.
O professor morava sozinho e costumava beber na companhia de amigos. Vizinhos teriam visto o professor bebendo durante a tarde com um grupo de colegas e ainda segundo testemunhas esse grupo foi quem teria saído com o professor e o carro dele.   Ainda não se sabe a motivação do crime. A polícia vai investigar se foi homicídio, por motivos ainda desconhecidos, ou latrocínio, roubo seguido de morte.
O corpo do professor foi removido par o Instituto Médico Legal de (IML) de Arapiraca.
Por: 7 segundos 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017