Sistema coletivo antigo do Agreste será paralisado para manutenção

Foto: Ascom/Casal
O sistema coletivo antigo de abastecimento de água do Agreste será paralisado, no período de 28 a 30 de julho, para uma manutenção programada em duas Estações Elevatórias de Água Tratada (EEAT) e em uma Estação de Tratamento de Água (ETA).

Durante esse período, o abastecimento ficará deficiente nos bairros da parte baixa de Arapiraca e em mais seis municípios – São Brás, Olho D’água Grande, Campo Grande, Girau do Ponciano, Feira Grande e Lagoa da Canoa.

O serviço será realizado por técnicos da Cab Águas do Agreste com acompanhamento da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), por meio de sua Unidade de Negócio Agreste.

A manutenção será realizada na EEAT 1 e na EEAT 2, além da ETA, que ficam localizadas no complexo do Morro do Gaia, na zona rural de São Brás, e consiste em substituição de válvula DN 700mm da saída do reservatório pulmão da ETA, substituição do barrilete da EEAT 1 e troca de três válvulas borboletas da captação, no rio São Francisco.

Segundo o gerente da UN Agreste, Tácito Marques, a manutenção tem por objetivo garantir a modernização e a segurança operacional dos equipamentos do complexo do Morro do Gaia.

Após a conclusão dos serviços, o sistema voltará a operar em sua plenitude e o abastecimento das regiões afetadas será normalizado gradativamente. Pelos transtornos, a Casal pede a compreensão de seus usuários.

Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2018