Conferência debate o futuro e o papel do jovem em Arapiraca

A juventude brasileira sempre esteve atrelada a reivindicações e conquistas para a sociedade no plano geral. Isto pôde ser visto desde a época da escravidão – com poetas e intelectuais contrariando esse período sombrio de nossa História – até a ditadura militar.

É apenas através do debate democrático e da proposição de ideias que as mudanças se dão na prática. Por isso, centenas de jovens se reuniram nas manhã e tarde desta quinta-feira (27), no Ginásio João Paulo II, bairro do Centro de Arapiraca, para discutir melhorias para o setor durante a 3ª Conferência Municipal de Juventude.

“O futuro é construído no agora, no presente. E fico feliz em ver os jovens focados nisso, na possibilidade de fazer um mundo melhor. Hoje, ações de cultura, esporte e lazer foram ampliadas pela cidade de Arapiraca, nas comunidades – com o recente lançamento do Programa de Esporte e Lazer da Cidade, o PELC – e nas nossas escolas”, diz a secretária Municipal de Assistência Social (Semas), Anadja Gomes, enfatizando a presença de movimentos estudantis no evento, a enriquecer ainda mais as discussões.

Na mesa de abertura estiveram, além dela, Michelly Rosy, subsecretária Municipal de Esporte e Lazer (Smel); Cláudia Petuba, secretária de Estado de Esporte, Lazer e Juventude; tenente Lisandra, representando o 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM); Milton Muniz, conselheiro de Estado de Juventude; e a veradora Aurélia Fernandes.
Na oportunidade, foi cantado o Hino de Arapiraca pelo jovem Reinaldo Santos, vinculado ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e, na sequência, houve a comédia stand-up dando boas-vindas aos presentes, com o personagem alemão Jurgen Fritz, protagonizado pelo ator Paulo Cândido.

Nos painéis apresentados, a coordenadora do Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (ACESSUAS), a assistente social Fabiana Santos, explanou sobre o programa federal Juventude Viva implantado em Arapiraca, com ações em Saúde, Assistência Social, Educação e Cultura e fazendo o mapeamento da violência no município.
No painel posterior, a secretária estadual Cláudia Petuba falou sobre “As Várias Formas de Mudar Arapiraca”, tema da conferência nesta 3ª edição. Em seguida, grupos de discussões foram montados para debater os direitos de todos quanto à Cidadania, a Participação Social e Política e a Representação Juvenil; Comunicação e Liberdade de Expressão; Educação; Profissionalização ao Trabalho e Renda; Diversidade e Igualdade; Cultura; Saúde; Desporto e Lazer; Sustentabilidade e Meio Ambiente;  Território e Mobilidade; Segurança Pública e Acesso à Justiça.

Foram, enfim, eleitos os delegados de Arapiraca para levar as propostas até a etapa estadual com as propostas de políticas públicas apresentadas nesta conferência.

Por: Ascom Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017