Menos Dois Graus: Arapiraca plantará mais de 5 mil mudas

Esta segunda-feira (3) é um marco para a cidade de Arapiraca. Um novo momento se inicia com o projeto ambiental “Arapiraca Menos Dois Graus”.

Em evento realizado no Lago da Perucaba, bairro de Zélia Barbosa Rocha, houve o lançamento desta iniciativa, com o começo do plantio de 5 mil mudas de plantas nativas da Mata Atlântica.
“Estou imensamente feliz com um projeto de tal magnitude. Este ‘Arapiraca Menos Dois Graus’ vislumbra uma cidade ainda mais acolhedora, climaticamente falando. E trabalhar esta temática ecológica, em contato direito com nossas crianças, é que me faz sonhar com um município melhor, uma Alagoas melhor, um futuro em si melhor para todos nós”, diz a prefeita Célia Rocha, que participou da movimentação.

Eram previstas 2 mil mudas a serem plantadas, mas Arapiraca – que carrega consigo o nome de uma bela e frondosa árvore – fará o plantio de 5 mil delas. Três mil a mais que em outros locais do estado, para onde o Instituto para Preservação do Meio Ambiente, o IPMA, tem levado este inovador projeto, que tem também o total apoio em Arapiraca da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento (Semas), Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Instituto do Meio Ambiente (IMA) e Riviera do Lago.

Há acácia, craibeira, bordão de velho, chapéu de Napoleão, timbaúba, nim indiano, oiti, murici, pau-brasil e ipês roxo, amarelo, branco e rosa, entre outras. Daqui a alguns anos, elas estarão florindo o Lago da Perucaba e trazendo uma melhor temperatura, mais beleza ao cartão-postal e mais riqueza nos ares do município.
“Dei o nome de ‘João’ para este pé de ‘chapéu de Napoleão’. Vou vir aqui com minha família depois para mostrar e, claro, cuidar dele”, comenta o pequeno Kauã Hang Lima, 12 anos, da Escola de Tempo Integral José Ursulino Malaquias, situada no Jardim das Paineiras.
Dezenas de alunos do 5º ano da referida instituição plantaram mudas diversas, dando nome a cada uma delas a criar um vínculo ainda maior com a natureza. “Sabemos da importância desse momento, porque é só lá na frente que estas árvores farão sombra, darão frutos, melhorando a nossa condição de vida com uma cidade mais verde”, conclui a estudante Júlia Eduarda, 12.

“Esta é uma das etapas de reurbanização que pretendemos fazer no local. E esta ação ocorreu graças a diversas parcerias, que vieram em boa hora. Meus agradecimentos ao Fernando Pinto, à frente do IPMA; ao ex-prefeito e empresário José Alexandre, que nos apoiou junto à Riviera do Lago; ao secretário da Semas, Ivens Barbosa; ao secretário da Semarh, Alexandre Ayres; e ao IMA. Meus não, de todo o povo! Obrigada por semearem este marco ambiental em nosso lar!”, pontua a prefeita Célia Rocha.
“Vamos transformar Arapiraca não apenas numa cidade mais bonita e verde, mas, sim, mais rosa, mais branca, mais roxa, mais florida”, dispara Fernando Pinto. Participaram também deste lançamento do projeto o secretário Municipal de Governo, José Lopes, o vereador Roninho e o professor Cícero Galdino, um dos maiores entusiastas ecológicos de Arapiraca e criador do projeto “Arborizar Para Melhor Viver”.

Por: Ascom Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2018