Novo abatedouro vai realinhar a indústria da carne em Alagoas

Fotos: Petrônio Viana
Ainda neste mês de setembro, a nova unidade industrial do grupo Frigovale no município de Arapiraca deverá entrar em funcionamento, abatendo e processando uma média de 10 mil animais por mês. Na terça-feira (14), uma comitiva formada pelo secretário de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Álvaro Vasconcelos, pela prefeita de Arapiraca, Célia Rocha, pelo vice-prefeito Yale Fernandes, secretários municipais, vereadores, produtores rurais e empresários, visitou as instalações para acompanhar as obras e conhecer detalhes do processo.

De acordo com o presidente do Conselho Gestor da unidade, André Seabra, o investimento do Grupo Frigovale na unidade é de R$ 11 milhões, gerando 200 empregos diretos e com faturamento anual previsto entre R$ 54 milhões e R$ 250 milhões.

“Esse projeto será o princípio indutor do realinhamento da indústria da carne em Alagoas. Com a linha de abate a pleno vapor, incluindo os animais de pequeno porte, planejamos chegar a 28 mil animais processados por mês”, disse Seabra.


Na avaliação do secretário de Estado da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, a abertura da Frigovale em Arapiraca, já com a certificação do Serviço de Inspeção Estadual (SIE), deverá fomentar o crescimento do rebanho de animais de corte em Alagoas.

“Isso vai incentivar o confinamento dos animais e a duplicação do nosso rebanho. Um dos objetivos do governador Renan Filho é que Alagoas se torne autossuficiente na produção de carne, pare de trazer esse produto de fora e chegue a vender carne para outros estados. E a unidade da Frigovale representa um grande passo nesse sentido”, observou o secretário.

“Tudo está sendo feito a partir das exigências ambientais e da legislação vigente. Com a inauguração dessa unidade, vamos atender às demandas de vários municípios e satisfazer os órgãos fiscalizadores com um produto de qualidade, incentivando a formalização do mercado de carne em Alagoas”, disse Vasconcelos.


Durante a visita, Álvaro Vasconcelos anunciou que pretende se reunir com o secretário municipal de Agricultura de Arapiraca, Rui Palmeira, e com dirigentes do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em Alagoas para discutir a promoção de cursos de aperfeiçoamento para açougueiros da região, visando melhorar a prestação desse serviço à população e agregar valor ao trabalho desses profissionais.

O Governo do Estado também avalia a possibilidade de concessão de regime tributário diferenciado para o abate de bovinos, suínos, caprinos e ovinos em Alagoas, seguindo os moldes dos decretos que beneficiaram os produtores de leite e derivados e, mais recentemente, o setor da avicultura. O assunto vem sendo debatido entre a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri) e a Secretaria da Fazenda (Sefaz). 

Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017