Polícia Civil esclarece 70% dos crimes em Alagoas

Foto: Divulgação
A Polícia Civil de Alagoas vem alcançando, este ano, altos índices de esclarecimento de crimes, com a elevação também do número de inquéritos concluídos e de prisões realizadas em operações de combate às diversas modalidades de delitos, inclusive de grupos criminosos.

De acordo com dados divulgados pela Gerência de Estatísticas e Informática (Geinfo) da instituição, o nível de elucidação de casos investigados ao longo dos nove primeiros meses deste ano chegou ao significativo índice de 70.59%.

A estatística mostra que durante o período foram instaurados 10.836 inquéritos policiais, sendo 11.067 concluídos. O número a mais acontece porque os procedimentos instaurados anteriormente foram concluídos este ano. Do total, 7.813 casos foram elucidados, sendo lavrados 5.028 autos de prisão em flagrante.

O número de inquéritos concluídos com a prisão do autor também cresceu, nesses nove meses. Foram 3.058; os inquéritos com autoria definidas chegou aos 4.755.

O delegado-geral Paulo Cerqueira comemora o elevado índice de elucidação de crimes da polícia judiciária alagoana, afirmando que isto ocorre devido ao trabalho de todo o pessoal da instituição – delegados, agentes e escrivães.

“A Polícia Civil vem cumprindo o seu papel de investigar e esclarecer os crimes, apontando os culpados ao Poder Judiciário”, acrescentou.

O delegado-geral ressaltou que nos nove meses foram instauradas 806 investigações sociais, relativas a delitos praticados por menores, sendo 797 concluídas, das quais 793 esclarecidas.

No período, a Polícia Civil lavrou 1.157 autuações por porte e posse ilegal de arma de fogo, e registrou 1.194 casos de tráfico, uso ou posse de droga.

As estatísticas mostram também um trabalho efetivo quanto ao cumprimento de mandados de prisão. Foram 821, no período.

“A Polícia Civil tem procurado planejar ações que permitam uma integração entre as unidades policiais da instituição no intuito de agilizar a prisão de criminosos, de acordo com a política de união entre os diversos setores da PC”, destacou Paulo Cerqueira.

Essas conquistas, segundo ele, são resultado de um novo modelo de gestão implantado na instituição onde a integração dos seus profissionais, e com outras forças policiais, é prioridade. Além disso, a interiorização das ações vem sendo fundamental, como também a aquisição de diversos equipamentos, a exemplo de armas, munições, além de equipamentos de informática, câmeras fotográficas e aparelhos de GPS, estes últimos destinados ao combate ao tráfico de drogas.

“A tendência da segurança pública é melhorar cada vez mais, seguindo a orientação do secretário Alfredo Gaspar de Mendonça, e determinação do governador Renan Filho, visando o combate sistemático à criminalidade no Estado de Alagoas”, finalizou o delegado-geral Paulo Cerqueira.

Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017