Laudo do IML confirma que menino de três anos morreu por espancamento em Arapiraca

Os principais veículos de comunicação de Arapiraca noticiaram, na manhã desta quinta-feira (21), a morte misteriosa de um garoto de apenas três anos de idade. Ele residia no Bairro Planalto e, de acordo com os pais, foi encontrado morto em sua cama assim que o dia amanheceu.

À polícia, os pais relataram que na noite anterior o pequeno Dyllan Taylor Soares teria reclamado de fortes dores na barriga e que os genitores teriam ido a uma farmácia comprar medicamento indicado para prisão de ventre.
Já o laudo do Instituto Médico Legal (IML) anulou totalmente o depoimento dos pais, que agora passam a ser acusados de homicídio. O laudo, assinado pelo médico legista Silvio Nunes, constata que a criança foi morta por espancamento.
Diante desta confirmação, os policiais da Delegacia de Homicídios de Arapiraca prenderam, em flagrante, a mãe da criança, que ainda não teve a identidade revelada.
O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.
Por: Minuto Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017