Audiência pública debate “Mobilidade” para Arapiraca

índiceUm debate caloroso e dentro da lei sobre mobilidade urbana e acessibilidade, além de questões sobre uso e ocupação do solo. Foi o que aconteceu na manhã desta terça-feira (23) durante a 4ª audiência da revisão democrática do Plano Diretor Participativo de Arapiraca, no auditório da Casa da Cultura, na Praça Luiz Pereira Lima, no Centro de Arapiraca.
Com o tema “Mobilidade”, a secretária municipal de Planejamento, Cícera Pinheiro, iniciou o encontro ressaltando a importância da série de audiências com representantes de vários segmentos do poder público e sociedade civil na construção do Plano Diretor da cidade.
“São eventos como este que colocam Arapiraca em destaque nacional e no avanço para discutir discutir políticas públicas com transparência e melhorar as ações da prefeitura em cada órgão municipal”, frisou Cícera Pinheiro.
Os temas são debatidos com base na Lei nº 2.424/2006, que já possui 10 anos e os representantes das secretarias apresentam as ações realizadas, em execução e a serem planejadas para adequação da realidade política e social da cidade a cada dez anos.
índice1“Mobilidade” ficou por conta da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) que foi proferida pelo superintendente do órgão, Ricardo Teófilo e a arquiteta do Departamento de Engenharia de Tráfego (DETRA), Katiane Duarte.
Ricardo Teófilo destacou as ações de mobilidade urbana que já resultaram em melhorias de fluidez no trânsito de Arapiraca, entre elas o binário com a Avenida Rio Branco e a Rua Fernandes Lima, como também os avanços para a melhoria do transporte público da cidade.
“A SMTT trabalha sempre em parceria com as secretarias municipais para adequar ainda mais as ações no trânsito aos critérios exigidos pela questão da mobilidade”, declarou ele.
Já a arquiteta apresentou os objetivos e as diretrizes do processo de mobilidade urbana traçados pela SMTT de Arapiraca para ser debatido com os presentes à audiência.
Katiane Duarte destacou o projeto “Circular” que está sendo elaborado para melhorar o transporte público na região central da cidade e proporcionar mais comodidade e qualidade aos usuários do setor. Ela frisou também a garantia de acesso à cidade com infraestrutura adequada, a exemplo da adequação das calçadas para pessoas portadoras de necessidades especiais como cadeirantes.
Debates e sugestões
Depois de apresentar diversos tópicos relativos à mobilidade, aconteceram os questionamentos e as sugestões para melhorar a elaboração deste eixo para o Plano Diretor de Arapiraca.
“É um processo necessário e fundamental que é construído com a participação democrática dos representantes de órgão, entidades e sociedade civil para o desenvolvimento da cidade dentro dos padrões da Associação Brasileira de Normas Técnicas, a ABNT”, relatou Katiane Duarte.
A secretária municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Rita Nunes, também contribuiu relatando as ações da Sedurh em parceria com a SMTT e que as duas temáticas só funcionam se trabalhadas em conjunto.
índice2“São ações com o disciplinamento do uso das calçadas pelos próprio comerciantes e ambulantes da cidade que precisam ocupar seus espaços sem atrapalhar a fluidez do trânsito de carros e pedestres”, disse Rita Nunes.
Além de secretários municipais, das vereadoras Gilvânia Barros e Professora Graça, empresários, representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas, Sindicato dos Lojistas de Arapiraca, presidentes de associações, estudantes da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).
IMG_9489Outros eixos já foram discutidos, como Meio Ambiente, Cultura e Desenvolvimento Socioeconômico. No próximo mês de março, no dia 29, ocorrerá o debate sobre o “Uso e Ocupação do Solo”, por conta da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Sedurh).
Até lá vão acontecer reuniões internas para integrar as sugestões levantados nos encontros pelo público presente.
Por: Ascom Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017