Verão no Bosque é bem-estar à saúde e proporciona lazer em Arapiraca

verãoUma tarde descontraída no Bosque das Arapiracas, no Centro de Arapiraca, um dos cartões-postais de lazer e bem-estar à saúde ganha ainda mais vida com o Projeto Verão no Bosque, que acontece aos sábados, das 17h às 20h.
No último sábado (13), o clima foi de atividades físicas e dança, muita dança. O espaço fica ao lado da fonte luminosa. Uma estrutura de palco e som do Dj Rafa é armada e um super banner com o nome do projeto serve de cenário para dar visibilidade ao projeto.
Na parte alta das escadarias, que funciona como palco, é o lugar dos professores de educação física que dão aula de dança e Zumba, uma modalidade do mundo fitness que mistura atividade física tradicional aeróbica e dança no ritmo latino, caribenho, capaz de queimar calorias sem que o praticante perceba.
IMG_8628A parte baixa se transforma numa espécie de salão, onde os alunos se posicionam em filas para a prática esportiva. Tudo acontece ao ar livre em um cenário cercado de verde, pôr do sol e um anoitecer refrescante nessas noites de verão em Arapiraca.
O projeto Verão no Bosque, realizado pela Prefeitura de Arapiraca, por meio da Coordenação de Comunicação, é coordenado por Fabrício Azevedo, que pretende realizar o evento todos os sábados até a passagem da tocha olímpica por Arapiraca, prevista para o final do mês de maio.
galera verão“É o que queremos uma vez que o projeto está tendo uma receptividade muito positiva pela população que frequenta o Bosque das Arapiracas e tem essa atração aqui”, explicou Fabrício Azevedo.
Para manter o projeto Verão no Bosque a prefeitura conta com o apoio das empresas Life Academia e Mundo Verde. Os instrutores Gê Alves e Júnior Cambrainha são voluntários do projeto e dão aula como se estivessem nas academias que trabalham na cidade.
Eles consideram o projeto uma iniciativa muito importante da prefeitura porque estimula a população a sair do sedentarismo e praticar atividade física por intermédio da dança.
IMG_8557“Além de proporcionar bem-estar físico à saúde, o projeto se torna um ponto de encontro de pessoas que se conhecem aqui e passam a conviver em um intercâmbio de informações sobre as atividades físicas realizadas em Arapiraca. É show de bola”, declarou o professor Gê Alves.
Para o professor de Zumba, Júnior Cambrainha, o projeto incentiva as pessoas a terem qualidade de vida por meio das ações de saúde e perdem uns quilinhos a mais para ficar em forma e de bem com o coração e o corpo.
“A Zumba trabalha o batimento cardíaco e a coordenação motora, uma vez que exercitamos através da música a intensidade do movimento corporal, realizando quatro coreografias repetitivas em uma só música o que permite perder de 800 calorias a mil calorias em cada música”, afirmou Cambrainha.
Para todas as idades
ValterO público que frequenta e participa do projeto no Bosque das Arapiracas é de todas as idades e formas físicas. Aqui não se tem preconceito com esses fatores. As atividades são abertas para quem quiser participar e, ao ar livre, ganham ainda mais beleza e integração entre as pessoas.
Além do mais, a Coordenação de Comunicação disponibiliza o radialista Valter Gomes para trabalhar durante as três horas do projeto, incentivando o público presente a participar do evento e anunciando as ações da prefeitura.
“É um trabalho divertido e sabemos que estamos contribuindo com a qualidade de vida dos arapiraquenses e de todas as pessoas que frequentam aqui, mesmo que seja um turista de passagem pela cidade e que se mistura com a nossa gente para desfrutar dos benefícios desse projeto”, disse Valter Gomes durante o intervalo de uma atividade e outra.
O técnico em informática Júnior Alves, de 27 anos, sabe que está acima do peso, mas não é por isso que ele aproveita seu passeio pelo bosque para entrar na “onda” do Verão no Bosque para se movimentar e perder uns quilinhos.
“Olha, além de me exercitar que é muito importante para a minha saúde eu acabo me divertindo muito e, com isso, beneficio também a minha mente, que fica mais leve, mais suave e acabo proporcionando um bem-estar muito positivo para mim”, relatou ele depois da sessão da aula de dança.
Para a estudante Rosy Ferreira, de 23 anos, que já pratica esportes e aulas aeróbicas em uma academia de Arapiraca, as aulas ao ar livre do projeto Verão no Bosque são um motivo a mais para ela se sentir bem com a vida.
“É um projeto muito interessante que desperta em nós a vontade de cuidar da saúde e nos tira daquela preguicinha (sic) indesejável que nos leva ao sedentarismo, além disso é uma opção para quem faz caminhada e vem se exercitar aqui no Bosque, adorei”, disse Rosy sorrindo de felicidade.
Feliz da vida e se divertindo com as coreografias da Zumba estava mesmo a comerciária Anastácia de Farias, de 51 anos, que foi ao bosque passear e aproveitou o projeto para ser uma das dezenas de pessoas que estavam alí só assistindo as atividades dançantes.
“Estou assistindo ao projeto pela primeira vez e estou encantada com essa ação da prefeitura. No próximo sábado voltarei com a roupa adequada e vou cair no ritmo dessas coreografias”, prometeu Anastácia de Farias.
Alimentação
Nem só de exercícios físicos vivem o corpo humano, mas de boa alimentação também. Por isso, o projeto Verão no Bosque disponibiliza uma Feira Gourmet com comidas dos food trucks para repor as energias, até mesmo para os que não participam das aulas de dança e Zumba.
Por: Ascom Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017