Yale anuncia fim do aterro e chegada da Central de Tratamento de Resíduos

ctr2Em reunião ocorrida na tarde desta sexta-feira (26), no Centro Administrativo Municipal, o prefeito Yale Fernandes anunciou o fim do atero sanitário e a chegada da Central de Tratamento de Resíduos (CTR) que vai construída em uma área nas imediações da Vila São José.
O empreendimento conta com a parceria do governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Instituto do Meio Ambiente (IMA), empresa  Alagoas Ambiental e dos outros 19 municípios que fazem do Consórcio Público Regional de Resíduos Sólidos do Agreste Alagoano (Conagreste).
ctr4A solenidade contou também com a presença do secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Alexandre Aires; do presidente do IMA, Gustavo Lopes, e do gerente da Casal no Agreste, Tácito Marques, além do secretário municipal de Meio Ambiente,Ivens Leão, e do prefeito de Craíbas, Bruno Farias, entre outras personalidades.
Na ocasião, o diretor da empresa Alagoas Ambiental, Luís Henrique, revelou que a Central de Tratamento de Resíduos (CTR) será construída em uma área com 83 hectares e com capacidade inicial de captar 100 mil toneladas de resíduos sólidos.
ctr3Ele adiantou que o investimento é da ordem de R$ 12 milhões e o novo aterro terá vida útil de 30 anos.
O secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Alexandre Aires, disse que a iniciativa conta com total apoio e acompanhamento do governo de Alagoas.
Ainda de acordo com o secretário, o governador Renan Filho determinou, desde o primeiro dia de gestão, uma política estadual para destinação correta de resíduos sólidos e de defesa do meio ambiente.
“Nossa meta é fortalecer esses vínculos com as prefeituras para execução desse plano, para consolidar a educação ambiental com a coleta seletiva do lixo e a geração de empregos com a venda de energia produzida a partir da transformação dos resíduos”, explicou Alexandre Aires, reafirmando o compromisso do governador Renan Filho e do vice-governador Luciano Barbosa com Arapiraca e demais municípios.
ctr1Na oportunidade, Yale Fernandes lembrou que a prefeita Célia Rocha é a presidente do consórcio formado por 20 municípios da região.
“Estamos trabalhando em muitas frentes e, até o final deste ano, vamos entregar à população o novo aterro com a Central de Tratamento de Resíduos e o tão sonhado esgotamento sanitário. Obras que são fundamentais para o desenvolvimento e a qualidade de vida de nosso povo”, completou o prefeito.
Há mais de três anos, o Brasil adotou uma política nacional de resíduos sólidos, por meio da Lei nº 12.035/2010. No entanto, apesar da norma, o descarte do lixo ainda é um desafio para a maior parte dos municípios brasileiros.
Agora, com o anúncio da instalação da CTR, Arapiraca e os demais municípios do Conagreste passam a ser responsáveis pelo acondicionamento de todo o resíduo produzido na região.
Área transformada
Além disso, a área do antigo aterro sanitário de Mangabeiras, que recebe lixo há mais de 20 anos, vai passar por um processo de recuperação.
Para tanto, a prefeitura está buscando recursos no Ministério das Cidades e também no Ministério do Meio Ambiente para transformar o local em uma área de reflorestamento e lazer para as famílias.
Por: Ascom Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017