Empresário assassinado em Arapiraca respondia processo por tráfico e formação de quadrilha

A morte do empresário Willames Pereira da Costa, 39, pode estar muito próxima de ser elucidada. O empresário, conhecido como “Meia”, respondia processo judicial por crime de formação de quadrilha.
Em 2011 “Meia” foi preso em uma operação do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (GECOC) do Ministério Público Estadual. Dias depois ele foi colocado em liberdade após o juiz da 17ª Vara da Capital, Maurício Breda revogar a prisão preventiva.
Recentemente, “Meia” também foi citado em um processo da 5ª Vara Criminal de Arapiraca por crime de tráfico e uso de entorpecentes.
 

ENTENDA O CASO
O empresário Wilson Pereira da Costa, 39, popularmente conhecido como “Meia”, foi assassinado a tiros na madrugada deste sábado (16). O crime ocorreu dentro de um bar localizado no Bairro Baixão, em Arapiraca.
De acordo com testemunhas, o empresário estava sentado numa das mesas do estabelecimento acompanhado de outras quatro pessoas, quando um homem estacionou uma motocicleta de cor vermelha, desceu do veículo e foi em direção à mesa da vítima. De forma fria e calculista, o homem sacou uma arma e deflagrou cinco tiros que atingiram a cabeça do empresário, que teve morte instantânea.
Por: Minuto Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017