Prefeita Célia Rocha inaugura creche no Planalto

PUBLI III
O Centro de Educação Infantil Profª Berenice Miranda Neto, no bairro Planalto, foi inaugurado na manhã desta sexta-feira (29) não só junto a prefeita Célia Rocha, como também na presença da comunidade e demais autoridades envolvidas no projeto.
A mesa da solenidade foi composta pela Prefeita de Arapiraca, pelo vice-prefeito Yale Fernandes, pela secretária Municipal de Educação, Maria Gorete Queiroz, pela vereadora e professora Maria das Graças, pelo líder comunitário do bairro Planalto, Carlos Brás e pela professora homenageada, Berenice Miranda Neto.
Após a benção do Padre Edinaldo Gomes, houve a execução do Hino da cidade, interpretado pela cantora arapiraquense Cláudia Santos, acompanhada pelo tecladista Flávio Malta, para que então os integrantes da mesa pudessem discursar sobre a satisfação de inaugurar a primeira creche de mais 8 a serem construídas por meio do Plano de Ações Articuladas (Par) do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância) do Governo Federal em articulação com os governos municipais, como a Prefeitura de Arapiraca.
PUBLI IV
A prefeita Célia Rocha falou sobre a importância deste equipamento social para o desenvolvimento das crianças e também destacou, dentre outras coisas, o porquê da professora Berenice dar nome ao Centro de Educação Infantil.
“Esta creche é de vocês, das famílias do Planalto. A ‘Berê’ nos ensina que sempre é tempo de começar, porque aos 24 anos ela não sabia o ‘bê, a, bá’, mas hoje, aos 72, ela está aposentada, com as suas filhas formadas, dando exemplo de conduta, de mulher digna. Quantas pessoas aos 24 acham que não podem fazer mais nada?”, declarou a prefeita e
O Centro de Educação Infantil comportará 200 crianças divididas em 8 salas de aula. A equipe será composta por professores, auxiliares, recreadores e serviços gerais. Das 8 salas, 5 serão em tempo integral para crianças de 6 meses a 3 anos e 6 turmas de pré-escola, para meninos de 4 e 5 anos de idade.
Enquanto Secretaria Municipal de Educação (SME), há também a preocupação de garantir a qualidade de atendimento do Arapiraca garante a primeira infância (Agapi), uma vez que o programa, idealizado em agosto de 2013 pela prefeita Célia Rocha, atende crianças até 6 anos, colocando em questão suas vivências e cognições no cotidiano, desde a prática de exercícios físicos e acesso à arte como o fortalecimento de vínculos entre pais e bebês, por exemplo.
Além do Centro de Educação Infantil Profª Berenice Miranda de Neto, mais 2 serão inaugurados este ano: um no bairro Canafístula e outro no Arnon de Mello.
Berenice Miranda Neto
CÉLIA E BERENICEA professora Berenice Miranda Neto, nascida em 15 de dezembro de 1944, em Manuéis, um vilarejo pertencente ao município de Traipu, é filha de agricultores e trabalhou na roça. Além das lavouras, Berenice cultivou um sonho: o de estudar e ser professora.
Na sua infância, estudou o ABC com sua tia e aprendeu a ler e escrever com dificuldade. Em matemática, só sabia fazer conta “de cabeça”. Não sabia no papel quanto era “2 + 2”.
Aos 24 anos veio morar em Arapiraca com sua irmã Lindaci. Sem perder tempo foi à Escola Hugo Lima para matricular-se na 2ª série primária no curso noturno, já que durante o dia precisava trabalhar para se manter.
A diretora da escola, Dona Antonieta, informou que só tinha vaga na 4ª série, o que a deixou muito decepcionada, pois sabia que seria muito difícil acompanhar uma turma nesse nível. Porém, sabiamente, a diretora disse que mesmo assim seria muito melhor ficar na escola que fora dela.
Berenice aceitou o desafio e iniciou seus estudos na cidade.

No final do ano foi aprovada na 4ª série e passou no exame de admissão do colégio Bom Conselho. E lá cursou o ginásio e o 2° grau. Ao terminar, prestou vestibular e foi a 3ª colocada no curso de Estudos Sociais da Faculdade de Formação de Professores de Arapiraca.
Seu primeiro trabalho como professora foi no colégio São Francisco, onde atuou como professora da educação infantil, do 1° e 2° graus.
Em 1977, convidada pela professora Lêonia Ribeiro, então secretária de Educação, passou a trabalhar na Secretaria Municipal de Educação como auxiliar de supervisão.
Aprovada no concurso da rede estadual, trabalhou na Escola Olímpia Tenório em Girau do Ponciano e nas escolas Adriano Jorge, Artur Ramos, Prof° Pedro de França Reis e Rotary, em Arapiraca.
Mas foi na Secretaria Municipal de Educação que teve as maiores oportunidades de aprende: fez cursos de aperfeiçoamento, além da especialização em Alfabetização, na PUC de Minas Gerais, custeados pela secretaria na gestão do então secretário Luciano Barbosa.
E além de aprender com os cursos, aprendeu muito com seus colegas de trabalho, que foram fundamentais em sua trajetória profissional, entre eles: a professora Luíza Santana e professor Mário César Fontes.
Na gestão do prefeito Severino Leão, passou a coordenar a Educação de Jovens e Adultos (Eja). Depois de muitos anos de trabalho com o EJa, à convite da professora Maria Gorete Queiroz, então diretora do Departamento Pedagógico, e hoje secretária municipal de Educação, passou a fazer parte da equipe da Educação Infantil e se encanta com esta modalidade, apoiando o trabalho de gestores dos Centros de Educação Infantil de Arapiraca.
Hoje, aos 72 anos, já aposentada, Berenice ainda sente saudade de suas tarefas na educação, pois foi no seu trabalho firme e responsável; com seu jeito simples de moça da roça; com sua força de mulher e mãe, que “Berê” é hoje parte da história da Educação de Arapiraca.
Por: Ascom Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017