Detran/AL e Polícia Militar realizam Operação Lei Seca em Arapiraca

Operação Lei Seca na região do Agreste visa reduzir os altos índices de acidentes no trânsito, principalmente com motociclistas
Fotos: Ascom/Detran
Com o objetivo de reforçar a interiorização da Lei Seca e reduzir o índice de acidentes ocasionados pela mistura de álcool e direção, o Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL), em parceria com a Polícia Militar, realizou fiscalização no município de Arapiraca, no final de semana.
 Ao todo, 119 veículos foram abordados e seus condutores revistados, 136 pessoas foram submetidas ao teste do etilômetro, 23 condutores fizeram a recusa, três medidas administrativas foram registradas e quatro pessoas foram presas por embriaguez ao volante.
Além de infrações referentes à Lei Seca, 29 pessoas inabilitadas foram abordadas conduzindo veículos, 148 infrações foram lavradas por motivos diversos, 21 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) foram recolhidas e 21 veículos foram levados para o pátio do 3º Batalhão da Polícia Militar, localizado no município.
 De acordo com coordenador da Operação Lei Seca Alagoas, tenente Emanuel Costa, é fundamental a presença da operação na região do Agreste, tendo em vista o alto índice de acidentes no trânsito com motociclista. Reforçou ainda, que a ação está sendo levada aos interiores com o mesmo padrão que é realizada na cidade de Maceió.
 “A operação foi bastante positiva; a população nos agradeceu muito, perguntando quando a gente iria retornar, pois a cidade ficou calma por conta da nossa presença. Isso mostra que, com a interiorização da Lei Seca, a gente consegue trazer o mesmo resultado que temos hoje em Maceió, uma vez que as pessoas estão respeitando mais e passando a entender que não existe a mistura do álcool e direção”, ressaltou o tenente Emanuel.
 O art. 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), diz que dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência é considerado infração gravíssima e, em caso de reincidência no período de até 12 meses, a multa é aplicada em dobro.
Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017