Mais 16 homicidas são presos no interior de Alagoas

(Ascom-PC)
Um dos crimes mais violentos e que apavoram a população é o homicídio. Desde o ano passado, as forças de segurança trabalham em conjunto para evitar esse tipo de crime e na busca pela prisão de seus autores. Na madrugada desta quinta-feira (26), uma operação integrada desencadeada pela Secretaria de Segurança Pública prendeu 16 suspeitos de homicídios, entre eles dois menores, todos na Vila dos Ciganos, na cidade de Delmiro Gouveia, região do sertão alagoano.
Presos durante operaçãoEm posse dos suspeitos foram encontrados quatro revólveres, provavelmente utilizados para cometer os homicídios, além de munições e celulares. Essa não é a primeira incursão na vila dos ciganos, cujos moradores possuem um histórico de envolvimento com alguns crimes, a exemplo de venda de armas e homicídios.
Todos os presos foram encaminhados à delegacia de Delmiro Gouveia para a confecção dos procedimentos cabíveis com a devida identificação dos crimes praticados por eles.
Presos na operaçãoA operação integrada tinha como finalidade o cumprimento de mandados expedidos pelo juiz Fausto Magno, da comarca de Delmiro. A ação reuniu policias civis da gerencia de Policiamento da região 4 (GPJ 4) e da Regional do município, o Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) e Radio Patrulha, do 9° Batalhão de Policia Militar, a Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes), além de contar com o apoio de integrantes da Guarda Municipal.
No comando da operação estavam a gerente de Polícia da Região 4 (GPJ4), Ana Luiza Nogueira, o delegado regional de Delmiro Gouveia (1° DRP) Rodrigo Cavalcante e o tenente-coronel Joaz Fontes, comandante do 9° BPM.
Armas, munições e celulares foram apreendidosForam presos Ian Farias da Silva (18); Rosivaldo Ferraz (34); Edvaldo Ferraz (33); Antônio Mario Ferraz (69); Charles Ferraz (42); Joel Ferraz da Silva (52); Geova Pereira da Silva (42); Tiago Ferraz (27); Eronildo Ferraz da Silva (53); Nivaldo Ferraz da Silva (44); Franscisco Ferraz da Silva (20); Joelson da Silva Ferraz (22); Renato Joaquim Pereira da Silva (28) e Suzaman Ferraz da Silva (30). Além dos dois menores I.F.S, de 15 anos e R.L, de 17.
Após a continuidade das investigações, mais informações serão divulgadas. O delegado Rodrigo Cavalcante disse que irá identificar a participação de cada um, em crimes ocorridos na região.
Por: PC - AL

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017