Seis municípios de Alagoas estão com epidemia de dengue, diz Sesau

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) deAlagoas divulgou, nesta quarta-feira (4), um panorama de todos os registros de infecção provocados por dengue, zika e febre chikungunya em Alagoas. De acordo com o levantamento, seis municípios já se encontram em situação epidêmica por causa da dengue. São eles: Carneiros, Junqueiro, Olivença, Pariconha, Poço das Trincheiras e Santana do Ipanema.
Em fevereiro deste ano, segundo a Vigilância Epidemiológica da Sesau, apenas o município de Olivença encontrava-se em epidemia.
O parâmetro para classificar um município em situação epidêmica é a taxa de incidência superior a 300 casos de dengue notificados para cada 100 mil habitantes.
Em todo o estado, desde o dia 1° de janeiro até 22 de abril, foram notificados 6.134 casos de dengue. O número é menor que o registrado no mesmo período de 2015, quando o estado contabilizou 4.069 notificações da doença.

Para tentar diminuir ainda mais o índice da doença, o estado conta com a ajuda da população. Desde o dia 29 de fevereiro, quando foi lançado para smartphones e tablets, o aplicativo recebeu 1.253 denúncias de focos do Aedes aegypti. Os dados foram coletados até o dia 2 de maio.

Segundo a Sesau, a maioria das denúncias recebidas pelo “Juntos pela Saúde”, nome dado ao aplicativo, foi sobre terrenos baldios, casas abandonadas, entulhos e esgotos localizados em Maceió.
Chikungunya
Os dados divulgados mostram ainda que no mesmo período de 1° de janeiro a 22 de abril de 2016 foram confirmados 367 casos devido a febre Chikungunya em Alagoas. O município de Igaci lidera o ranking de municípios afetados, com 130 pacientes, seguido por Maceió que registrou 80 pacientes afetados. Em terceiro colocado ficou a cidade de Girau do Ponciano, com 40 pacientes.

Santana do Ipanema teve 22 casos, Arapiraca registrou 16, e Maribondo teve 10, assim como São Sebastião. Já Craíbas, 7 casos foram constatados. Senador Rui Palmeira e Major Isidoro, 6 casos. Anadia, Carneiros, Igreja Nova tiveram 4 pacientes com a doença. O município de Pariconha registrou 3 casos. 
Além disso, Barra de Santo Antônio, Água Branca, Cacimbinhas, Coruripe e Flexeiras registraram 2 casos.
Já os municípios de Atalaia, Campo Alegre, Marechal Deodoro, Matriz do Camaragibe, Olivença, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Penedo, Pilar, Porto Calvo, Porto de Pedras,Rio Largo, Satuba, Teotônio Vilela e Viçosa só registraram um paciente com Chikungunya.
Zika 
Em relação ao Zika Vírus, foram enviadas 543 análises de exames ao Instituto Evandro Chagas para a realização de teste, mas nenhum resultado foi divulgado ainda. Em 2015, foram 34 casos confirmados da doença.

Por: G1-AL

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017