Acusado de participação na morte de bancário morre após ser baleado em confronto com a polícia

Flávio Costa dos Santos, de 25 anos, foi morto a tiros na tarde desta quarta-feira (15), durante um confronto com policiais civis no município de Coité do Nóia. Contra ele havia um mandado de prisão expedido pela Justiça por suspeita em participação no homicídio contra um funcionário do Banco do Brasil, crime ocorrido no dia 8 de abril deste ano na cidade de Girau do Ponciano.
Ao receber voz de prisão, Flávio reagiu e atirou contra os policiais, que revidaram à altura e balearam o suspeito, que foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Emergência Daniel Houly (HEDH) em Arapiraca.
Flávio, que era popularmente conhecido como “Cocada”, já respondia por crime de tráfico de drogas, roubo e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Ele cumpria pena no regime semiaberto.
Por: Minuto Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017