Campanha de combate ao trabalho infantil sensibiliza comerciantes em Arapiraca

Para a ação desta segunda-feira (27), foram mobilizadas 18 pessoas, dentre elas duas equipes de Anjos da Paz sob coordenação do Centro de Acolhimento de Arapiraca
Fotos: Ascom/Seprev
Para reduzir o número de casos de trabalho infantil, a Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) realizou, nesta segunda-feira (27), uma sensibilização no Mercado Público de Arapiraca. A ação contou com o apoio do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), do Conselho Tutelar e da Ação Estratégica do Peti (AEPETI).

Durante a atividade, que faz parte da programação especial em celebração ao mês do Combate ao Trabalho Infantil, foram realizados três encaminhamentos ao Conselho Tutelar e ao Centro de Referência em Assistência Social (Cras).

Para o gerente da Política da Criança e do Adolescente da Seprev, Valdomiro Pontes, a cultura de que criança pode trabalhar deve ser combatida. “A criança pode e deve se divertir, estudar, ter seus direitos garantidos. Quando a criança está trabalhando, ela deixa de viver sua infância”, disse Pontes.
A campanha, lançada neste mês, tem como lema “Você compra uma flor, ela vende a infância” e tem o intuito de conscientizar a sociedade sobre os efeitos de curto, médio e longo prazo do trabalho infantil – toda aquela atividade realizada por pessoas que tenham menos da idade mínima permitida para trabalhar.

As abordagens sociais com distribuição de material educativo estão sendo realizadas em todo o Estado de maneira intensificada neste mês. Além de Arapiraca, o município de Boca da Mata e todas as feiras-livres de Maceió já receberam ações de sensibilização da campanha.

Para a ação desta segunda-feira (27), foram mobilizadas 18 pessoas, dentre elas duas equipes de Anjos da Paz sob coordenação do Centro de Acolhimento de Arapiraca.

Ainda dentro da programação especial, está prevista abordagem social nos municípios de Pão de Açúcar, Santana do Ipanema e São José da Tapera, alto Sertão de Alagoas.
Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017