Botafogo-PB envolve o ASA no Almeidão e vence mais uma na Série C

botafogo-pb, asa, série c (Foto: Lucas Barros / GloboEsporte.com/pb)
(Foto: Lucas Barros / GloboEsporte.com/pb)
O atacante Rodrigo Silva travou um duelo particular com o goleiro Thiago Braga neste domingo, pela Série C. Um, pelo lado do Botafogo-PB. O outro, no campo do ASA. Melhor para o Belo, que venceu no Estádio Almeidão, em João Pessoa, por 2 a 0. Silva se destacou, deu uma canseira na defesa alagoana, teve gol anulado, mas perdeu um pênalti no segundo tempo. Poderia ter complicado um jogo tranquilo. Foi premiado pelo esforço e se redimiu ao marcar o segundo gol no fim. O primeiro foi assinado ainda na etapa inicial por Sapé.

A vitória coloca o Botafogo na primeira colocação do Grupo A, agora com 15 pontos. Ainda depende de outros resultados para assegurar o posto. O ASA ficou nos 12, perdeu duas posições na classificação e caiu para o quinto lugar.
Pela nona rodada, o time alagoano joga no próximo sábado em Arapiraca, às 19h, contra o ABC. Domingo, o Belo vai visitar o Fortaleza, às 19h30, na Arena Castelão.
Sapé a trave e o gol

O Botafogo impôs seu jogo no primeiro tempo. Fora de casa, a estratégia do ASA de explorar os erros do adversários não teve efeito. O Belo avançou as linhas e rondou com perigo a área alvinegra até abrir o placar. Aos 24 minutos, Sapé acertou um petardo de fora da área e ainda contou com a sorte. A bola bateu na trave, nas costas do goleiro Thiago Braga e entrou.

Mesmo perdendo, o ASA não mudou a postura. O Belo diminuiu um pouco o ritmo, mas quase ampliou aos 46, em outra boa finalização de Sapé. Thiago salvou o time alagoano.

Rodrigo perde pênalti, mas se redime

O segundo tempo ainda estava no início quando o Botafogo teve ótima chance para ampliar. O árbitro marcou pênalti de Thiago Braga em Danielzinho, aos sete. Dois minutos depois, Rodrigo Silva bateu mal e o goleirão do ASA fez a defesa. A pressão continuou. Na sequência, o próprio Rodrigo marcou de cabeça, mas o assistente assinalou impedimento.

Aos 38, Rodrigo Silva deixou Marcinho na cara de gol. Foram duas chances claríssimas. Na primeira, Thiago Braga fez uma linda defesa e, na segunda, o meia chutou para fora. O Belo fechou a conta aos 40 minutos. Numa bola alçada na área, Rodrigo Silva se antecipou à defesa e, de cabeça, marcou o segundo gol do time paraibano. 
Por: Globo Esporte 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017