Conseg aprova implantação de videomonitoramento em Arapiraca e Barra de São Miguel

Implantação será em 120 dias, após a assinatura da ordem de serviço
Fotos: Thiago Sampaio
O Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg) reuniu seus integrantes nesta segunda-feira (25), no Palácio República dos Palmares, para tratar de assuntos de interesse do segmento. O destaque foi a discussão sobre o projeto de implantação de videomonitoramento em Arapiraca e Barra de São Miguel, resultando na aprovação do pleito. A reunião contou com a presença do vice-governador Luciano Barbosa e autoridades daqueles municípios.
Segundo Luciano Barbosa, o sistema impressiona pela abordagem de alta tecnologia em favor da segurança pública, na ordem de R$ 9 milhões, oriundos do Fundo Estadual de Segurança Pública (Funesp) e do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran-AL) e será implantado em 120 dias, após a assinatura da ordem de serviço.
“Vai possibilitar trabalhar a segurança pública, como também, em tempo real, é um instrumento de fiscalização, monitoramento, filmagem, servindo para outras ações que o Governo do Estado possa implementar, de forma ágil. E a proposta da construção do Centro de Integração das Operações de Segurança Pública do Agreste será fundamental para trabalhar nas esferas estadual e municipal. Afinal, a redução da violência é um compromisso de todos,” ressaltou o vice-governador.

As ferramentas de videomonitoramento implantadas com pioneirismo resultaram na agilidade e eficácia das operações e fiscalizações de trânsito, tornando a capital, Maceió, modelo na utilização do sistema de monitoramento de imagens. Já em Arapiraca, o sistema vai dispor de inovações, tornando o sistema mais completo e eficaz, por meio de fibra óptica, conforme explica o engenheiro técnico responsável do Detran, Antônio Alberto de Souza.
“Além de incluirmos a cidade de Barra de São Miguel e a praia do Francês, é a inteligência do sistema, um grande diferencial. No novo formato tem-se um sistema interligado, lendo as placas em movimentação, além do monitoramento de imagens, com 50 câmeras em Arapiraca e mais 20 ao longo da rodovia Maceió – Arapiraca. O sistema alimenta continuamente a circulação de veículos. Então, quando ele confrontar com o boletim de ocorrência, onde informa as placas envolvidas com o crime, o sistema passa a fazer alertas e daí as forças de segurança terão esses relatórios prontos para agir de forma mais rápida,” explanou o engenheiro.

A reunião foi conduzida pelo presidente do Conseg, Maurício Breda, e o vice-presidente Antônio Carlos Gouveia.  O próximo encontro está marcado para segunda-feira, 1º de agosto, com a presença do governador Renan Filho.
Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017