Em clima tenso, projeto que prevê o leilão de bens públicos é aprovado pelo Legislativo

(Internauta - cortesia)
Sob vaias e muitos protestos, a Câmara de Vereadores de Arapiraca aprovou, durante sessão extraordinária realizada na manhã desta segunda-feira (25), o projeto da Prefeitura que prevê a realização do leilão de dezessete terrenos públicos como garantia do recebimento de R$ 80 milhões que o governo destinou para a realização de obras estruturantes no município.
De acordo com o projeto, o leilão terá como objetivo arrecadar fundos que servirão como a contrapartida do Município na realização das obras, cujos recursos já foram garantidos pelo governo federal.
Por outro lado muitos não concordam com a privatização dos bens públicos. A sessão da manhã de hoje foi bastante conturbada. Pessoas revoltadas com o projeto do leilão foram até o plenário com faixas e cartazes, alguns deles com frases de protesto contra a prefeita Célia Rocha. “Se é dinheiro, cadê o do Fundeb?”, “Célia Rocha o povo cansou de ser palhaço”, “Esse projeto é um tapa na cara do povo”, entre outros.
Dos doze parlamentares que se fizeram presentes na sessão, dez votaram a favor do projeto e apenas as vereadoras Aurélia Fernandes (PSB) e Fabiana Pessoa (PRB) votaram contra.
De acordo com os vereadores situacionistas, o valor dos recursos federais com a contrapartida da Prefeitura deverá ser utilizado para obras de pavimentação de ruas, saneamento básico, revitalização de praças e ambientes públicos na cidade.
Por: Minuto Arapiraca 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017