Atletas do ASA exaltam importância da vitória que reconduziu o time ao G-4

Salgueiro X ASA (Foto: Jânio Barbosa / Arquivo Pessoal)
(Foto: Jânio Barbosa / Arquivo Pessoal)
Não foi fácil! O ASA precisou superar vários obstáculos para conquistar a primeira vitória na história dos confrontos entre as duas equipes jogando contra o Salgueiro no interior pernambucano, retornando assim ao G-4 do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. Após dois jogos sem vitória, a equipe arapiraquense enfrentou o desgaste da viagem, a pressão psicológica dos atletas, a cobrança da torcida e a possibilidade de ficar mais longe do sonhado retorno à Série B, caso fosse derrotado pelo Carcará.

Porém, com muita entrega dentro de campo e uma postura tática perfeita, o time do técnico Paulo Foiani voltou a vencer mais uma partida fora de casa - agora são três, as outras haviam sido contra América-RN e Remo - bateu um concorrente direto e voltou a figurar no G-4 da Terceirona. Após a partida no Estádio Cornélio de Barros, os jogadores alvinegros ressaltaram a importância do resultado positivo.

- Ia ser no detalhe, né? Numa bola ali a gente conseguiu matar esse jogo, era aquele jogo de seis pontos, a gente não poderia perder, pelo menos um empate seria bom, mas com a vitória foi bom demais. Agora dá confiança, a gente vem conquistando esses três pontos fora de casa e mantendo assim a gente vai conseguir se firmar no G-4 - disse o zagueiro Rayan, em entrevista ao repórter Jânio Barbosa, da Rádio Novo Nordeste.
Outro alvinegro a falar com a imprensa foi o volante Ramalho, que entrou em campo no segundo tempo da partida. Experiente, ele observou a atuação da equipe enquanto esteve no banco de reservas e destacou a mudança de postura na conquista dos três pontos.
- No segundo tempo o ASA entrou mais ligado. Pela visão que a gente estava tendo ali do lado de fora eu achei que no primeiro tempo os dois volantes deles estavam muito livres, então toda bola que eles pegavam eles entravam em diagonal e, como é um time muito alto, brigavam muito e isso dificultou bastante. A partir do momento que o [Paulo Foiani] orientou para o Max [Carrasco] adiantar no volante, o Jorginho pegar no número 10 deles e o João Paulo pegar o outro volante, o time deles não jogou mais, a nossa equipe neutralizou o adversário, teve essa chance de fazer o gol e foi feliz. Mas o importante foi a vitória que a gente precisava - falou.
Com o resultado, o ASA voltou à quarta colocação do grupo e agora terá outro compromisso fora de casa, desta vez contra o River-PI. A partida, válida pela 13ª rodada, será disputada no próximo domingo, às 17h, no Estádio Albertão, em Teresina.
Por: Globo Esporte 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017