Arsal fiscaliza rede de distribuição de gás natural em Alagoas

Nas ações, a equipe da Gerência de Gás Natural da Arsal verificou pontos de serviços
Ascom/Arsal
Para garantir a qualidade no fornecimento do gás natural canalizado em Alagoas, técnicos da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsal) realizaram, no mês de agosto, fiscalizações de rotina em 45 unidades consumidoras, sendo 43 do segmento residencial e dois estabelecimentos comerciais na capital.

Nas ações, a equipe da Gerência de Gás Natural da Arsal verificou pontos como: tempo de atendimento para a concessionária Gás de Alagoas S.A (Algás) solucionar problemas de falta de gás e vazamento na rede de distribuição; estado de conservação dos medidores instalados; procedimentos adotados e resultado das inspeções realizadas pela Algás nas unidades consumidoras; e a satisfação dos usuários com o atendimento da concessionária.

No mês, também foram fiscalizadas a execução de obras de implantação de rede e ramal nos bairros Cidade Universitária, Antares, Benedito Bentes, e as manutenções preventivas realizadas pela Algás em três postos automotivos de Gás Natural Veicular (GNV), localizados em Maceió, e duas Estações de Regulagem e Pressão (ERPs), em Rio largo.

Os técnicos acompanharam também o projeto de construção do gasoduto Penedo-Arapiraca. Em seis meses de obras, iniciadas na estação da Algás em Penedo, já foram construídos mais de 24 mil metros de gasoduto, até o município de São Sebastião.

No relatório mensal da Gerência de Gás consta ainda a vistoria de um vazamento ocorrido na rede de distribuição da parte alta de Maceió, onde foram analisados o motivo da ocorrência, danos ocasionados, número de usuários afetados, quantidade de gás vazado, tempo de atendimento e as medidas adotadas pela distribuidora de gás para minimizar a ocorrênciaA Arsal constatou que o incidente foi sanado rapidamente, não afetou o fornecimento de gás natural, nem provocou danos de maior gravidade.


O sistema de distribuição de gás natural atende 9.034 unidades consumidoras em Alagoas, sendo 29 indústrias, 31 postos automotivos, 547 estabelecimentos comerciais, 8.423 unidades residenciais (condomínios, prédios) e quatro unidades de co-geração (que utilizam o gás para geração de energia), em oito municípios alagoanos: Maceió, Penedo, Rio Largo, Atalaia, Pilar, Santa Luzia do Norte, Satuba e Marechal Deodoro.
Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017