Time alvinegro deixa acesso escapar após ter vencido primeiro jogo por 3 a 1, em Arapiraca

FOTO: RODRIGO VILLALBA / MEMORY PRESS
O ASA enfrentou o Guarani-SP, na noite deste sábado (8), no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, interior de São Paulo, pela segunda partida das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série C. Em jogo, uma vaga para a Série B do próximo ano. O duelo terminou com uma vitória do Bugre por 3 a 0. Wesley e Eliandro, duas vezes, marcaram para os paulistas. O resultado elimina o Fantasma, que deu adeus ao sonho do acesso à Série B do ano que vem.
O ASA conquistou uma vantagem considerável no primeiro jogo, em Arapiraca. O time alagoano venceu no por 3 a 1 e foi para Campinas podendo perder por até um gol de diferença, além de jogar pelo empate.
O Gigante até tinha as estatísticas ao seu favor. Neste novo formato da Série C, disputado desde 2006, somente o Treze-PB, em 2013 e agora, o ASA foram eliminados no jogo do acesso após terem vencido a primeira partida. O time alvinegro, por sua vez, cai nas quartas de final da Terceirona pelo segundo ano consecutivo. No ano passado, o Fantasma foi derrotado pelo Tupi-MG
Durante o jogo, o técnico Paulo Foiani precisou mudar ainda no primeiro tempo. Os laterais Júnior e Igor se lesionaram na etapa inicial e o treinador alvinegro precisou colocar a atacante Lessinho e o lateral-esquerdo Gilmar, gastando duas alterações de maneira forçada.
O jogo
Precisando do resultado e jogando diante de seu torcedor, o time do Guarani pressionou o ASA do início ao fim do jogo. Com um bom resultado ao seu favor, o alvinegro preferiu ficar com a estratégia defensiva e tentando o contra ataque.
Apesar disso, o ASA foi quem chegou com perigo pela primeira vez na partida. Aos 19 minutos, o meia João Paulo puxou contra ataque e arriscou para o gol, a bola acabou desviando na defesa do Guarani e a bola passou muito perto da meta do goleiro Leandro Santos. Na sequência do lance, Diogo cobrou escanteio e Rayan cabeceou para fora.
O Bugre chegou ao gol aos 25 minutos. Fumagalli levantou na área e Leandro Amaro desviou para o gol, abrindo o placar para o Guarani.
Após o gol, o time do ASA desanimou na partida. O time paulista, precisando de mais um gol para conquistar o acesso, continuava pressionando. Aos 31 minutos, Fumagalli aproveitou cruzamento de Gilton e quase amplia o placar.
Lessinho, que entrou na partida ainda no primeiro tempo no lugar de Júnior, que saiu de campo machucado, fez jogada individual pela direita e finalizou. No lance, o zagueiro Ferreira desviou e quase marca um gol contra.
Na volta para o segundo tempo, o time alvinegro começou melhor do que terminou o primeiro. Lessinho, mais uma vez, arrancou pela direita e finalizou para o gol. A bola desviou no volante Aurenir e foi para fora.
Aos 9 minutos da segunda etapa, em um lance totalmente despretensioso, a bola foi recuada para Thiago Braga, que tinha três companheiros como opção de passe, mas ao sentir a pressão de Eliandro, o goleiro acabou rifando a bola, que desviou no jogador do Guarani e morreu no fundo do gol.
A falha fez o time arapiraquense sentir o golpe. Lessinho, único jogador do ASA a incomodar a defesa do Bugre, continuava tentando. Aos 14, ele dominou, ganhou no corpo e mandou um foguete para a defesa do goleiro Leandro Santos.


Aos 26 minutos, a bola foi rifada pela defesa do Guarani. Eliandro acreditou e no meio de dois zagueiros do ASA e em mais uma saída equivocada do goleiro Thiago Braga, o atacante bugrino acabou conseguindo a finalização e definiu o placar, no Brinco de Ouro da Princesa.
Por: Gazeta Web // Fillipe Lima

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017