Governo de Alagoas divulga novas escolas de Ensino Integral

Governador Renan Filho em inauguração recente na escola  estadual Joaquim Diegues, em Viçosa, uma das unidades em tempo integral
Márcio Ferreira
A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (29) a lista das escolas que implantarão o Programa Alagoano de Ensino Integral (Palei) a partir do ano letivo 2017. Ao todo, 14 unidades adotarão uma modalidade de ensino que vai além da ampliação de jornada, consistindo na oferta de uma formação que foca no desenvolvimento humano e une família, escola, comunidade e cidade em torno de um grande projeto de aprendizagem.

Foram selecionadas para implantar o Palei em 2017 as seguintes unidades de ensino: escolas estaduais Maria Ivone, Eduardo da Mota Trigueiros e Maria das Graças de Sá Teixeira, em Maceió; Constança de Góes Monteiro, em Major Izidoro; Professora Edite Machado, em Capela; Lions Club, em Arapiraca,  Ângelo Abreu, em Olho d’Água das Flores; Padre Teófanes, em São José da Laje; Bráulio Cavalcante, em Pão de Açúcar; Nossa Senhora da Apresentação, em Porto Calvo; Monsenhor Sebastião Alves Bezerra, em Água Branca, e Oliveira e Silva, no Pilar. Duas unidades de ensino que estão em construção em São Miguel dos Campos e Murici também já serão inauguradas ofertando Ensino Integral.

As unidades de ensino selecionadas oferecerão o Ensino Integral a partir da 1ª série do Ensino Médio e, gradativamente, vão diminuir sua oferta de Ensino Fundamental até que, em 2019, sejam ofertantes exclusivamente de Ensino Médio. Antes disso, no período de dezembro de 2016 até fevereiro de 2017, as instituições participarão de formações e passarão por adequações em sua estrutura física.

“Esta seleção representa um avanço para a nossa rede, pois iniciaremos o ano letivo 2017 com mais de 30 escolas de Ensino Integral em Alagoas, um passo importante na busca por uma Educação de qualidade. Assim como no ano anterior, faremos as adequações necessárias na infraestrutura destas 14 instituições, além de formações para que as mesmas implantem o Ensino Integral”, diz a secretária-executiva da Educação, Laura Souza, afirmando que a meta do Governo de Alagoas é “investir ainda mais na ampliação deste modelo”.

Rede 
Atualmente, 14 unidades ofertam o Ensino Integral na rede pública estadual: Marcos Antônio, Rodriguez de Melo e Geraldo Melo, em Maceió; José Aprígio Vilela, em Teotônio Vilela; Graciliano Ramos, em Palmeira dos Índios; Joaquim Diégues, em Viçosa; Izaura Antônia de Lisboa, em Arapiraca; Laura Chagas, em Santana do Ipanema; Carlos Gomes, em União dos Palmares; Lucilo José Ribeiro, em São José da Tapera; Ernani Méro, em Penedo; Maria Antônia, em Matriz de Camaragibe e Francisco Leão, em Rio Largo.

Além disso, outras três unidades em Maceió funcionam como Escolas de Referência em Ensino Médio: Edmilson Pontes, Afrânio Lages e Princesa Isabel, estas duas últimas no Cepa.​
Por: Agência Alagoas 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017