Estado fiscaliza abastecimento de água em municípios do Sertão

Técnicos da Gerência de Saneamento da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsal) concluíram, esta semana, uma série de fiscalizações no Sistema de Abastecimento de Água dos municípios de Delmiro Gouveia, Inhapi e Pariconha, a fim de constatar se as não-conformidades identificadas em fiscalizações anteriores foram sanadas pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).

Realizadas durante três dias, as vistorias abrangeram as captações (Barragem Leste, Salgado, São José e São Sebastião, em Delmiro Gouveia), adutoras, estações elevatórias, Estações de Tratamento de Água (ETA), reservatórios e unidades comerciais da Casal nas cidades que integram a Unidade de Negócios do Sertão.

Durante três dias, vistorias abrangeram as captações (Barragem Leste, Salgado, São José e São Sebastião, em Delmiro Gouveia), adutoras e estações elevatórias
Ascom
Os técnicos constaram que as não-conformidades foram sanadas em sua maioria, o que trouxe melhorias nos serviços prestados pela concessionária aos usuários da região. O relatório completo das fiscalizações, com as medidas adotadas pela Agência Reguladora, será encaminhado posteriormente à Casal.

Municípios regulados

Em Alagoas, o saneamento básico é regulado em 35 municípios: Arapiraca, Craíbas, Lagoa da Canoa, Olho D’Água Grande, Igaci, São Brás, Feira Grande, Girau do Ponciano, Coité do Noia, Campo Grande, Ouro Branco, Santana do Ipanema, Poço das Trincheiras, Senador Rui Palmeira, São José da Tapera, Cacimbinhas, Monteirópolis, Olivença, Maravilha, Carneiros, Estrela de Alagoas, Jacaré dos Homens, Batalha, Piranhas, Pariconha, Olho D’Água do Casado, Inhapi, Delmiro Gouveia, Campestre, Messias, Santa Luzia do Norte, Barra de São Miguel, Palmeira dos Índios e Japaratinga.

Para o registro de demandas, os usuários do Sistema de Saneamento Básico destes municípios devem procurar primeiramente a Casal, acionando a Arsal caso não tenha a demanda atendida a contento, por meio do telefone de discagem gratuita, 0800 284-0429 (de segunda a sexta, das 8h às 14h), presencialmente (nas sedes da Agência Reguladora, em Maceió ou em Arapiraca) ou pelo site www.arsal.al.gov.br

Por: Agência Alagoas

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017