Leandro Kível faz gol improvável, e líder ASA derrota o CRB no clássico

ASA x CRB, em Arapiraca  (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)
(Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)
Um gol no clássico já enche qualquer jogador de moral. Nesta terça-feira, o atacante Leandro Kível fez mais que isso. Fez o gol da vitória do ASA sobre o CRB, por 1 a 0, em Arapiraca, assumiu a artilharia isolada do Alagoano e encantou a plateia. Inspirado, ele marcou o quarto gol no estadual de fora da área, mas de cabeça. Não foi nada comum. O camisa 9 também deu a liderança do Grupo B ao Alvinegro, agora com 12 pontos e 100% de aproveitamento. O Galo, desgastado pela maratona de partidas, colocou em campo um time quase todo reserva. Apenas o titular Juliano jogou no Coaracy. Mesmo com a derrota, os regatianos seguem na primeira colocação da chave A, com sete pontos. 

Não tem muito descanso. Quinta-feira, o ASA vai jogar em Olho d´Água das Flores, às 20h30, contra o CEO. Nos mesmos dia e horário, o CRB atua com os portões fechados em Coruripe, no Gerson Amaral, contra o CSE. O Galo ainda cumpre punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva e não pode mandar partidas em Maceió, com torcida.

Golaço no primeiro tempo

O primeiro tempo foi do ASA. Dominou as ações, alugou o campo do Galo e criou três chances apenas num lance. Aos 20 minutos, Kível tentou duas vezes, Jorginho tirou em cima da linha nas duas, e, no rebote, Téssio chutou para fora.

Aos 25, Kível marcou um golaço, com requintes de crueldade. Téssio cruzou da direita e o artilheiro do Alagoano cabeceou da linha da meia-lua. Adiantado, Juliano só viu a bola entrar na última gaveta da trave. O CRB só chegou ao ataque na etapa inicial numa jogada de Maxwell. Com baixo rendimento e um cartão amarelo, o meia Clebinho foi substituído aos 34 minutos pelo estreante Chico. O técnico Léo Condé explicou depois que ficou com medo de uma expulsão.
CRB acerta o travessão no fim

O  segundo tempo foi fraco tecnicamente. O ASA recuou muito e o CRB teve mais oportunidades. Lateral-direto, Edson Ratinho bateu falta, o meia Chico desviou de cabeça e o goleiro Luís Cetin fez boa defesa, aos 22 minutos. 

Aos 36, a resposta alvinegra. O meia Diego Palhinha recebeu cruzamento de Airton, livre, e perdeu um gol incrível. Chutou em cima de Juliano. Na sobra, também parou no goleiro do Galo. Aos 46 minutos, quase saiu o empate. Ratinho bateu falta da esquerda e o atacante Jonata, de cabeça, acertou o travessão do ASA. A torcida alvinegra nem respirou quando viu a bola viajando. 
Por: Globo Esporte 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017