De pênalti, Elias marca nos acréscimos, e CRB vence clássico contra o ASA

CRB x ASA, no Rei Pelé Gol de Elias (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)
(Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)
lias entrou no segundo tempo. Ganhou a chance do técnico do CRB, Léo Condé, de substituir Neto Baiano, em má fase. Ele pegou pouco na bola, mas foi o suficiente para o Galo vencer o clássico contra o ASA por 1 a 0. E foi aos 47 do segundo tempo. O centroavante bateu muito bem o pênalti e definiu a partida no Rei Pelé. Flávio Boaventura, do CRB, e Leandro Kível, do ASA, ainda foram expulsos perto do fim da partida.

O CRB, líder do Grupio A e garantido no hexagonal, com 17 pontos, volta a campo no próximo sábado pela Copa do Nordeste. Às 18h15, vai enfrentar o rival CSA, no Estádio Rei Pelé. Domingo, o ASA vai receber o Sete de Setembro, às 16h, no Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. Com 18 pontos, o Alvinegro é o vice-líder da chave B.

Chance pra lá e pra cá
O primeiro tempo foi bem equilibrado. O ASA começou mais recuado e aos poucos foi saindo para o jogo. Aos 19, a primeira grande chance foi criada. Neto Baiano fez bem o trabalho de pivô e serviu a Danilo Pires, que bateu cruzado e parou em boa defesa de Luís Cetin. Teve mais. Aos 29, Danilo Pires acionou Neto Baiano, que finalizou de primeira, mas errou o alvo. 

Depois, o ASA resolveu mostrar serviço. Aos 31, Téssio cruzou da direita e Kivel, na linha da pequena área, não alcançou a bola. Se cabeceia...Téssio também ameaçou em outra finalização, assustou Juliano, e o primeiro tempo acabou sem gols.

Gol nos acréscimos
A etapa final começou com uma estocada do CRB. Pela direita, Danilo recebeu com liberdade, mas bateu fraco e facilitou a defesa de Cetin. Veio logo a resposta. Aos quatro, Douglas chutou de dentro da área, Juliano defendeu e, no rebote, Doda chutou em cima de Adalberto. Quase entrou. 
O Galo foi pra cima e criou mais uma aos oito minutos. Marcos Martins tocou para Danilo Pires, por baixo, e o meia finalizou para fora. Assustou o goleiro do ASA. Aos nove, o Alvinegro alçou bola na área do CRB, balançou a rede, mas o assistente marcou impendimento de Téssio. Aos 23 minutos, Jean Carlos fez ótima jogada pela esquerda e viu Kível com liberdade. O camisa 9 ajeitou o corpo e bateu no canto esquerdo de Juliano: pra fora. 
O bicho pegou depois dos 40. Flávio Boaventura, do CRB, e Leandro Kível, do ASA, se estranharam e o árbitro Charles Hebert expulsou os dois. Aos 47, o lance capital do clássico. Eron derrubou Adalberto na área alvinegra e o árbitro marcou pênalti. Elias bateu com jeito, tirando do goleiro e fez o gol da vitória alvirrubra.
Por: Globo Esporte 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017