Paraná vence o ASA na decisão de pênaltis e segue na Copa do Brasil

paraná x asa copa do brasil (Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo)
Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo
Faltou gol durante os dois jogos na decisão da terceira fase entre Paraná x ASA, e o classificado saiu da decisão dos pênaltis, quando brilhou a estrela do goleiro tricolor Léo e o azar de Djalma, do ASA, que mandou para fora. A classificação na Vila Capanema, com oito mil torcedores que cantaram do início ao fim, foi nos pés do zagueiro Brock, que havia desperdiçado um pênalti no tempo regulamentar. A segunda chance acabou nas redes e com festa.
Com o resultado, o Paraná enfrenta o Vitória pela quarta rodada da Copa do Brasil, em partida já marcada para a próxima quarta-feira, no Barradão, em Salvador. Antes disso, Paraná terá mais a decisão das quartas de final do Paranaense, contra o Atlético-PR, neste fim de semana. O ASA recebe CEO no domingo, pela terceira rodada do hexagonal do Alagoano. 
O ASA começou o jogo se aproveitando dos erros de marcação do Paraná, que abriram oportunidades para que a equipe alagoana desse o ritmo da partida nos primeiro minutos. Mas o primeiro grande lance foi do Paraná, quando Biteco fez belo lançamento para Robson entrar na área e testar o goleiro Luis Cetin. A chance não foi a única em um jogo bastante movimentado, com chutes a gol os dois lados, mas o Paraná sofrendo mais com a dificuldade se arrumar defensivamente.
O segundo tempo começou parecido com o primeiro. As chances do Paraná aumentaram, mas os problemas seguiam. O time ainda desperdiçou um pênalti com o zagueiro Brock, que mandou para fora aos 22 minutos. O ASA já não era tão perigoso, mas o Paraná seguiu desperdiçando as oportunidades até os 50 minutos, quando Nathan mandou o chute que Luis Cetin defendeu e foi a deixa para o apito do árbitro, que levou a decisão para os pênaltis. 
As cobranças começaram com o Paraná. Robson abriu o marcador, e Leandro Kivel, do ASA, fez o seu. A segunda cobrança foi de Diego Tavares, que também converteu, enquanto o goleiro Léo defendeu a cobrança de Airton e deixou a torcida enlouquecida. Leandro Vilela fez o terceiro do Paraná, e o ASA desperdiçou mais um com Djalma, que bateu para fora. A quarta cobrança ficou para Brock, que havia perdido um pênalti no segundo tempo, mas mandou para dentro e classificou o Tricolor.
Por: Globo Esporte 

Compartilhe :

veja também

últimas notícias


Entre em contato

ara.noticia@hotmail.com


www.aranoticia.com - Todos os direitos reservados. © 2017